Com promoção de ingressos, Botafogo acumula deficit gigante no Nilton Santos - Resenha da Bola

Com promoção de ingressos, Botafogo acumula deficit gigante no Nilton Santos



Para encher o Nilton Santos e confirmar a recente ascensão do Botafogo nos últimos jogos, a diretoria alvinegra ousou e fará uma excelente promoção de ingressos para os confrontos contra o São Paulo, no domingo, pelo Brasileiro, e para o decisivo jogo de meio de semana diante do Bahia, pela Copa Sul-Americana, com tickets entre R$ 5 a R$ 20. Porém, apesar de querer angariar a torcida para o seu lado, a diretoria deixou para trás um detalhe: o enorme prejuízo que o clube soma nos 11 jogos que fez dentro do Nilton Santos no nacional.

Até agora, o Glorioso soma um prejuízo de R$ 2.685.987,30 nessas 12 partidas no Brasileiro. Sendo assim, a tendência é que mesmo com casa cheia nos confrontos diante de São Paulo e Bahia, novamente o clube tenha “que pagar para jogar”em seu próprio estádio. Os custos médios das partidas disputadas no Nilton Santos giram em torno de R$ 300 a R$ 400 mil, com todas as operações inclusas. Nos jogos da Série A, o menor prejuízo que o clube teve até agora foi diante do América_MG, onde já teve uma promoção de ingressos, e foi de “apenas” R$ 144.932,22.

Ciente disso, a diretoria sabe que novamente terá que arcar com custos, mas aposta que o apoio em massa pode elevar o Botafogo a um padrão mais acima: seguindo vivo na disputa do título sul-americano, além de respirar mais aliviado no Brasileiro. A ideia é clara: vencer jogos para cada vez mais encher o Nilton Santos e amenizar os prejuízos. De qualquer maneira, neste ano, a conta não irá fechar e o clube arcará com números negativos.

A média de público do Botafogo, no Brasileiro, é de apenas 8.823 torcedores, com uma ocupação média de somente 19% do estádio em seus jogos. O baixo público coloca o Glorioso como o décimo-sétimo, de vinte clubes, em público na Série A. Na Copa Sul-Americana, a ocupação sobe para 47%, enquanto no Campeonato Carioca foi de apenas 13%. Por isso, o grande prejuízo. Desde que assumiu o estádio, o ano de 2017 foi o único em que o clube teve um bom desempenho financeiro como mandante, no Nilton Santos, já que teve uma campanha de destaque na Copa Libertadores.

A diretoria do Botafogo já foi aconselhada a devolver o Nilton Santos, estádio onde o clube inicia todo mês com um gasto médio de R$ 36 mil, devido ao contrato de licitação. Contudo, os dirigentes seguem relutantes em se desfazer da casa alvinegra e, por ora, não pensa na possibilidade de retornar para a Ilha, onde mandou seus jogos em 2016, mas acabou pendendo o contrato para o arquirrival Flamengo. De qualquer maneira, o Luso-Brasileiro ainda segue inativo para jogos, desde o início de 2018, com a queda de duas torres de iluminação após fortes chuvas.

Procurada pelo Blog, a diretoria do Botafogo, via assessoria de imprensa, não quis comentar o caso dos prejuízo sofrido com os confrontos no Niltão.

VEJA A LISTA DE JOGOS E O SALDO DO BOTAFOGO NOS JOGOS EM CASA NA SÉRIE A

16-04: Botafogo 1×1 Palmeiras – Saldo: R$ – 200.131,47
28-04: Botafogo 2×1 Grêmio – Saldo: R$ -153.748,53
14-05: Botafogo 2×1 Fluminense – Saldo: R$ – 180.959,43
27-05: Botafogo 1×1 Vitória – Saldo: R$ 260.922,83
06-06: Botafogo 0x0 Ceará – Saldo: R$ – 193.601,45
13-06: Botafogo 2×0 Atlético-PR – Saldo: R$ – 253.300,39
27-06: Botafogo 1×0 Chapecoense – Saldo: R$ – 228.079,10
04-08: Botafogo 0x0 Santos – Saldo: R$ – 235.961,70
19-08 Botafogo 0x3 Atlético-MG- Saldo: R$ – 233.789,54
25-08: Botafogo 2×0 Sport – Saldo: R$ – 330.149,99
05-09: Botafogo 1×1 Cruzeiro- Saldo: R$ – 270.410,95
16-09: Botafogo 1×1 América-MG- Saldo: R$ – 144.932,22

Saldo Total: R$ – 2.685.987,30



MaisRecentes

Felipe Melo é uma sandice da nova diretoria do Flamengo



Continue Lendo

Planejamento ruim e falta de títulos enfraquece situação no Flamengo



Continue Lendo

Direção do Flamengo decide que Diego Alves não deve mais atuar em 2018



Continue Lendo