Bota e staff de Roger divergem sobre pagamento do tratamento do jogador - Resenha da Bola

Blogs Lance!

Resenha da bola

Bota e staff de Roger divergem sobre pagamento do tratamento do jogador



Roger está recuperado e vai defender o Internacional no ano que vem

O atacante Roger está totalmente recuperado do tumor benigno descoberto há alguns meses, mas a situação que envolveu o tratamento e todo o procedimento cirúrgico do jogador para sua recuperação plena gerou um desconforto em ambas as partes. Segundo a versão do jogador e do staff atleta, um pouco antes da cirurgia para retirada do tumor, o Alvinegro entrou em contato comunicando que não teria como arcar com os custos do tratamento, situação que irritou o ex-camisa 9 do Glorioso e pessoas ao seu redor.

Passada a situação, o Botafogo voltou atrás e se comprometeu. Segundo fontes, o Alvinegro acertou a primeira parcela com os médicos que operaram Roger e ainda vão pagar outras duas, muito provavelmente, até o fim deste ano. Porém, na época, ele não gostou da postura e não teria aceitado quando procurado.

Procurado pelo Blog Resenha da Bola, o empresário do jogador, Marquinhos Neves, confirmou que o Alvinegro veio atrás do atleta, depois de tudo ter sido realizado e quando o jogador já iniciava sua recuperação.

–  Dias depois de tudo passado, pessoas do Botafogo falaram conosco e resolveram acertar as parcelas do tratamento. Mas antes da cirurgia acontecer, nos foi informado que eles tinham decidido não pagar. A princípio parece estar tudo resolvido. A primeira parcela foi paga, e na segunda-feira (dia 4/12) devo saber como está a situação das parcelas seguintes. Os exames ficaram por nossa conta – contou o agente.

O Botafogo, por sua vez, contesta a história e garante que sempre foi solícito com o jogador, em relação ao pagamento da cirurgia e dos médicos, e que não se importou em tratar da situação, mesmo não tendo qualquer obrigação, já que o seguro saúde do clube cobre apenas situações adquiridas em relação ao trabalho.

–  Não tínhamos essa obrigação, mas o Botafogo pagou e vai continuar arcando com os custos. Não sei exatamente como foi feito o pagamento, porque quem responde a isso é o departamento de finanças do clube, e eles estão a par de todos os gastos. Nós acolhemos o jogador e o ajudamos quando preciso.  Não devemos nada. Foi tudo pago, premiações, salários…Está tudo em dia – afirmou o presidente do Alvinegro, Carlos Eduardo Pereira.

CEP, como é conhecido, ainda lembrou que o jogador e seu staff não o comunicaram sobre a negociação que estava em andamento com o Internacional, clube que Roger irá defender a partir do próximo ano.

– Roger fez uma proposta para renovação e nós fizemos a contraproposta, que nunca houve um retorno sobre isso. Fomos informados pelo Inter, depois que o Roger já estava recuperado, que as negociações tinham sido abertas para levá-lo. O Internacional foi correto em tudo. Em seguida fomos avisado que o pré-contrato estava assinado. Roger é página virada. Não irá mais jogar pelo Botafogo. Somos gratos pelo serviços prestados e desejamos sucesso a ele na carreira – completou.

Em meio a isso, Roger não estará na delegação que vai encarar o Cruzeiro, neste domingo, no Nilton Santos, pela última rodada do Brasileiro. O motivo para a isso, segundo Jair Ventura, é que fisicamente o jogador não está pronto e assim encerra sua passagem pelo Alvinegro com 48 jogos e 17 gols marcados, sendo dez pelo Brasileirão.



Cancelar Resposta

  1. paulo cesar oliveira disse:

    É o fim da picada os empresarios jabazeiros e parasitas, que vivem de chupar sangue da carreira de quem entra em campo, ficar tornando publicas as picuinhas internas .Isso só pode ser para justificar alguma peixeirada que darão nas costas do clube mais adiante, isso podemos ter certeza de que vai acontecer. Querem forçar o clube a pagar o que parece ser obrigação deles, e caso o clube não pague sofrerá o linchamento publico iniciado com esta matéria. Estes sanguessugas são a razão do futebol ter deteriorado tanto, já que para contrabalançar a ganancia deles o jogador precisa receber muito mais do que o justo, arruinando os cofres dos clubes. Um salario de 100 mil /mes seria um ótimo salario, caso fosse livre de jabás e comissões para parasitas, motivo pelo qual acaba virando mais de 200 mil. Some-se todos os contratos inflados e dá pra entender a situação dos clubes com suas folhas de pagamento. Empresarios demais, futebol de menos.

  2. Marcelo Braga disse:

    Infelizmente não se pode ser sério num país tão mesquinho como o nosso…Jogador de aluguel,o Botafogo tá tendo o mesmo tratamento que ele teve com a Ponte Preta…a única coisa de bom que a torcida do Botafogo vai levar dele é a pequena Giullia!!!!
    Empresários inescrupulosos!!!!
    O Botafogo é maior do que qualquer jogador de aluguel!!!

  3. walter disse:

    quem ala a verdade? sao dois problemas que eu vejo aqui,primiero muitas coisas acontece e o torcedor nao sabe,se a versao do roger for a verdade no caso,ele fez certo em ir embora,mesmo o botafogo nao tendo obrigaçao alguma com ele,seria legal mostrar na pratica todo o respeito que o clube tem pelo jogador,apesar dele nao precisar do dinheiro do botafogo,ja esta em final de carreira esta rico,agora se a verdade e a do botafogo,muda tudo ele e um trmendo mercenario como hj quase todos os jogadores,e seue empresarios ainda tem a cara de pau de reclamar,dinheiro deles eles nao colocam ,so querem a comissao e mas nada,em reesumo agora e minha opiniao ,que roger seja muito feliz no inter,se nao quiz ficar no botafogo e um direito dele,so que ele errou ao sair pela porta dos fundos em nenhum outro clube ele foi tratado como foi no botafogo ,ele teve uma visibilidade que nunca teve na carreira,aproveitou e fez um belo contrato,se ele fosse um cara correto,devolveria tudo que o botafogo investiu nele,mesmo ele tendo trabalhado e sendo merecedor de seu salario,mas por gratidao por um clube que colocou ele onde nunca ele esteve,na vitrine do futebol brasileiro,ele jamais imaginou em fim de carreira ganhar 450 mil,ele deve tudo isso ao botafogo,estava fedendo a peixe na ponte ganhando menos de 100 mil e ninguem sabia quem era o roger.

  4. Eduardo disse:

    Roger parecia um cara diferente e com carater mas é só um mercenario mais que passa pelo Botafogo.
    A temporada não acabou e o cara ja está assinado no Inter.

  5. Carlos Roberto Martins Dantas disse:

    Roger jogador poblematico.
    Cigano futebol passou vários,
    Time brilhou Botafogo recuperou!
    Pra futebol Bota a torcida abraçou.
    E acontece. Pra mim não é surpresa aqui e Brasil.
    Vou dá minha opinião vai sumir lá.
    Inter pode gravar. Até meio do ano.
    Ele sai.

  6. André disse:

    100 mil por mês de salário e quer que o clube pague cirurgia pra ele??? Vá atrás de um plano de saúde Roger..seu imbecil…jogador mimizendo da porra.

  7. Le le disse:

    Isso que dá! fizeram um misancene louco em cima desse cara, do problema dele, da filha..a mídia adora criar sitações emociionais e agora o malandro cospe no praot. Ganha os tubos de dinheiro e vem com conversa fiada que o foguinho nao queria pagar…simplesmente ridiculo! èÉ pra indignar até torcedor de time grande que acha o botinha simpático

    Foguin, cês têm o meu apoio!

  8. carlos pinho disse:

    ta saindo do Botafogo como saiu da ponte preta, porta dos fundos, e sem agradecer a quem lhe acolheu tao bem. O CEP tem razao eu tenho meu plano de saude particular assim como qualquer um que tem familia e pode ter um o faz, poderia ser mais professional e fechar a boca, ir seu caminho e agradecer pela visibilidade que ele nunca teria ja que queimou, Segundo ele proprio, as oportunidaades que a vida tinha lhe dado. Continuo achanfo que aquela historia da filha foi mais marketing do que boa acao, quem faz boa acao nao fala so faz, conheco varias pessoas assim. e os caras aproveitaram a janela (chance) que o Botafogo lhe deu para garantir espaco midiatico em troca de um aparelho.

  9. Ricardo Monteiro Oliveira disse:

    Impressionante como um ex-jogador em atividade e condenado ao ostracismo resurge das cinzas em um clube contra quem agora seu inescrupuloso empresário lancça esse tipo de notícia. Está parecendo o lateral Lucas, que depois de um ano sem jogar com tratamento pago pelo Botafogo, entrou na “justiça” e ganhou passe livre. Tudo mercenário”.

  10. Jair Roseira Lino Júnior disse:

    Infelizmente não acredito 100% no Roger.
    Ele saiu da ponte para o Botafogo pela porta dos fundos, assim como está fazendo agora.
    Ele vai receber o dobro no inter do q o Botafogo ofereceu e precisa de desculpa para não sair com a imagem de bom moço queimada, mas queimar a imagem do clube, isso eu acho ridículo.
    Q seja feliz no Internacional, se conseguir ganhar a dura concorrência q vai encontrar lá.

  11. Infelizmente a Lei Juca Kfouri que alguns chamam de Lei Pelé, é apenas feita para beneficiar os empresários e os clubes que muitas vezes gastam para pagar salários e os direitos trabalhistas sempre ficam no prejuizo. Essa Lei que determina que quando o contrato do atleta está perto de terminar e que ele pode fazer contrato com outro clube, sem que a agremiação perca todos os seus direitos, inclusive os econômicos é uma forma de acabar com os clubes. Essa história de pré contrato, vem apenas para d

    beneficiar os sanguessugas que são os empresários e servem apenas para acabar com os clubes formadores. Chega-se a conclusão que não compensa manter elencos caros. Se os empresários são os donos dos jogadores o mais correto seria que eles também arcassem com os custos de salários dos atletas!

  12. beneficiar os sanguessugas que são os empresários e servem apenas para acabar com os clubes formadores. Chega-se a conclusão que não compensa manter elencos caros. Se os empresários são os donos dos jogadores o mais correto seria que eles também arcassem com os custos de salários dos atletas!

  13. Mais uma vez os empresálrios sanguessugas e os atletas procuram passar por vitimas, onde os clubes são os vilões, gostaria se saber se a Lei Juca Kfouri, que muitas chamam de Lei Pelé, se os empresários que são os que mais ganham com o futebol tivessem de pagar os salários dos jogadores, visto que eles são os donos dos direitos econômicos do atleta, visto que seis meses antes de vencer os contratos, os clubes perdem inclusive seus direitos econômicois dos jogadores, algo que só acontece no futebol brasileiro, que no mínimo por causa desses parasitas está a caminho do fim, até quando os que ganham com o futebol irão ficando cada vez mais ricos e os clubes cada vez mais pobres, e os jogadores cada vez mais manipulados?!

    beneficiar os sanguessugas que são os empresários e servem apenas para acabar com os clubes formadores. Chega-se a conclusão que não compensa manter elencos caros. Se os empresários são os donos dos jogadores o mais correto seria que eles também arcassem com os custos de salários dos atletas!

  14. Ricardo Monteiro Oliveira disse:

    Impressionante como um ex-jogador em atividade e condenado ao ostracismo resurge das cinzas em um clube contra quem agora seu inescrupuloso empresário lancça esse tipo de notícia. Está parecendo o lateral Lucas, que depois de um ano sem jogar com tratamento pago pelo Botafogo, entrou na “justiça” e ganhou passe livre. Tudo mercenário. Precisamos mudar isso já!

  15. Edvaldo Marujo Luiz Costa disse:

    É engraçado como o Botafogo dá sorte com certos tipos de jogadores o cara jurou fidelidade falou que estava feliz emocionou todos com a sua filhinha,e agora sai denegrindo o Botafogo ou esse cara não presta ou o Botafogo não presta. O que vcs acham, quem presta dos dois???.

  16. Acho que deveria ser feita alguma coisa para acabar com a Lei Juca Kfouri que apenas serviu para tornar os empresários e agentes cada vez mais ricos e mesmo não tendo nenhuma despesa com os jogadores na sua formação ou na sua preparação tècnica e fisica, assim como salários são sem que ninguém possa justificar os donos dos jogadores. Assim, os clubes ficam cada vez mais pobres e como diz o PC oliveira os jabazeiros e sanguessugas do futebol brasileiro que apenas estão acabando com as motivações dos clubes em investir. Penso que deveria, para proteger os clubes na questão dos direitos econômicos que essa lei nefanda deva ser suprimida e que surja uma lei que sirva para banir esse câncer do meio do futebol brasileiro! Que todos os empresários sejam banidos do futebol e que existam agências para regular os vínculos dentre atletas e clubes sem a presença desses falcatrueiros e sanguessugas!

  17. fernando disse:

    Mai um tremendo cara de pau no pais dos caras de pau! Ganha mais de 100 mil e não tem plano de saúde? Pq o clube tem q pagar por uma lesão q nada tenha a ver com futebol? Depois que o cara se projetou no clube e foi embora. Queria entender?

  18. Homem hetero de DEUS disse:

    Roger, todos nós colhemos independente do que semeamos. Procuramos semear o bem. Mesmo assim , nós somos obrigados a colher o mal ,pelas simples herança de sermos feitos pelo pecado. Como sujeito homem, falo que vc deveria ter jogado esses últimos jogos para honrar o homem de Deus que vc é. Mas , que eu possa estar enganado, você já não prova mais nada.
    O homem de Deus desafia o próprio, para colher suas promessas. Vc , através da mídia,mostrou que tem uma linda família.
    Mas não provou ser um homem de Deus, trazendo a responsabilidade de lutar pelo Botafogo, junto com sua torcida. Lamento mas foi muito egoísta , nas palavras de que o Botafogo não arcou com despesas para sua saúde.
    Agora, independente de credo religioso, mas como sujeito homem, na merda de país em que vive deveria honrar os culhoes, e independente de vc é ou o Botafogo ter arcado com despesas com seu tratamento. Faltou lhe humildade de observância, das mesmas pessoas que possa ter o mesmo diagnóstico que o seu, e não ter a “benção de Deus financeira ” para se tratar.
    Então, mesmo que contrário ao sentimento, desejo que Deus, mais o verdadeiro, continue abençoando você e sua família, e que cada vez mais imputa em sua vida , o sentimento de gratidão e humildade, que transforma a vida do verdadeiro homem de Deus. Graça e paz irmão.

  19. Fausto de Deus, querendo Ele ou não disse:

    Roger, todos nós colhemos independente do que semeamos. Procuramos semear o bem. Mesmo assim , nós somos obrigados a colher o mal ,pelas simples herança de sermos feitos pelo pecado. Como sujeito homem, falo que vc deveria ter jogado esses últimos jogos para honrar o homem de Deus que vc é. Mas , que eu possa estar enganado, você já não prova mais nada.
    O homem de Deus desafia o próprio, para colher suas promessas. Vc , através da mídia,mostrou que tem uma linda família.
    Mas não provou ser um homem de Deus, trazendo a responsabilidade de lutar pelo Botafogo, junto com sua torcida. Lamento mas foi muito egoísta , nas palavras de que o Botafogo não arcou com despesas para sua saúde.
    Agora, independente de credo religioso, mas como sujeito homem, na merda de país em que vive deveria honrar os culhoes, e independente de vc é ou o Botafogo ter arcado com despesas com seu tratamento. Faltou lhe humildade de observância, das mesmas pessoas que possa ter o mesmo diagnóstico que o seu, e não ter a “benção de Deus financeira ” para se tratar.
    Então, mesmo que contrário ao sentimento, desejo que Deus, mais o verdadeiro, continue abençoando você e sua família, e que cada vez mais imputa em sua vida , o sentimento de gratidão e humildade, que transforma a vida do verdadeiro homem de Deus. Graça e paz irmão.

  20. Elder Cintra disse:

    Quem é Roger, demorou pra comecar a fazer uns golzinhos, campeao de banheira, nao era ninguem antes de vir pro botafogo, apareceu um pouquinho e despertou interesse no Inter, mas pode cravar nao dura uma temporada, que ponto chegou o futebol, um jogador mediano pra baixo como esse ganhar 250.000,00, que saudades dos meus 20 anos se tivesse tipo uma oportunidade estaria rico no meio desses pernas de pau. Ultimamente tem sido assim o Botafogo pega esses jogadores pouco conhecidos que dispontam aqui e depois criam a maior confusao e vao embora, casos de Bruno Silva, Arao (que se acha craque), Roger, Botafogo deu destaque para Diogo barbosa que ninguem conhecia tambem, valorizou Victor Luis e Guilherme, mas futebol é assim mesmo, paciencia.

  21. Roger, vamos ponderar juntos? Não quiseram pagar a tua cirurugia? Vou acreditar em ti. Porque ficaste calado até agora? Porque não abrir a boca na hora? Será que você não estava “fragilizado” pela possibilidade de que este tumor fosse algo pior e o Grande Internacional retirasse a proposta e aí, você teria a segurança de ficar encostado 2 a 3 anos no Botafogo recebendo este “salário de fome” que o clube te pagava? Afinal, está na cara que a nossa diretoria é boba e sentimental… Acabaram arcando com a tua cirurgia, ou não? Atrasaram o pagamento do médico? Aí, você virou empresa de cobrança? Mais do que tudo isso, mais que o infeliz-bocudo-inoportuno deste Cacá, a torcida do clube abraçou você, rezou por você… Eu rezei por você… E agora, você, recuperado, de contrato novo no bolso, vem enlamear a instituição Botafogo? Quem era você no jogo do bicho antes de envergar esta camisa? Infelizmente, o futebol está carente de homens mais do que de atletas. Carente de Rogérios Ceni, de Jeffersons, Zicos, Marcos (goleiro, ex-Palmeiras)… De você e para você, eu desejo felicidades no novo clube, uma saúde perfeita e que não volte mais aqui… o saldo foi negativo!

  22. Ben disse:

    o rOGER ESQUECEU QUE QUANDO TEVE NOTICIA DO SEU CANCER UM MULEQUE DE 15 ANOS JOGADOR NA BASE DO BOTAFOGO TAMBEM FOI DIAGNOSTICADO COM CANCER E O CLUBE NAO TINHA DINHEIRO PARA TRATAR ESSE MENINO. Se o Roger tivese um pingo de dignidade teria pago seu tratamento e dito ao clube pagar o tratamento do menino. O Roger pode ter uma memoria de peixe mais eu tenho de elefante sujeito mal carater. Explorou ate a filha em um momento ruim para a torcida ficar no lado dele.

  23. ben disse:

    Poucos parecem se lembrar mais qnd o roger foi diagnosticado com cancer tambem houve um menino da base diognasticado com cancer que esta sendo tratado por oncologistas do SUS. S o Roger realmente queria que o clube pagase seu tratamento em vez de abrir mao e demandar ao clube pagar o desse menino nao tenho (ou melhor) sobram palavras para dizer sobre a atitude desse sujeito. Em um momento ruim na equipe usou sua filha para se aproximar a torcida. O Roger nao e so mercenario ele e muito pior do que isso.

  24. José Eliaz Rosa disse:

    Sugiro a diretoria do Botafogo a mandar este mal caráter e seu staff para a puta que pariu. Este moleque cria problemas em todos os clubes em que jogou, veja como ele saiu da Ponte Preta, o Botafogo deveria ter observado isso.

  25. Wandersonpaulo disse:

    O Botafogo tem que parar de pegar jogador que está esquecido e resucitar

  26. Daniel Alves Maçulo disse:

    o Roger é mais um mercenário, igual a tantos outros, precisamos formar jogadores com comprometimento com o clube e com disposição pra ralar a bunda no chão,e deixar o sangue pelo clube, e não contratar esses caras de aluguel de ano só, assinando contratos de no mínimo cinco anos, aí direção vamos olhar e investir na base com muita atenção!!!!!!!

  27. FOGOLOKO disse:

    Roger foi, no mínimo ingrato e muito egoísta. Em situação muito pior q a dele – tanto de saúde qto financeira – encontrava-se um garoto de 15 anos da base do Fogão, diagnosticado com câncer. E o Botafogo não pagou o tratamento do garoto pobre, mas Roger exigiu q o dele, q ganha quase 150 mil no Fogão, fosse pago. Se fosse um Homem de Deus, como ele diz ser, deveria ter cedido esse valor para q o Botafogo pagasse as despesas do garoto. Reflita sobre isso Roger. Alem disso, qdo ele estava num mau momento, sem fazer gols, utilizou a filha dele, com deficiência visual, para fazer o marketing dele com a torcida, se autopromover.. Isso não é coisa certa não, meu caro.. Seja feliz no Inter e não volte mais aqui

MaisRecentes

Com vaga na Libertadores, acerto entre Flamengo e Pablo fica mais próximo



Continue Lendo

O risco calculado por Reinaldo Rueda: Libertadores pode escorrer pelas mãos



Continue Lendo

CEP fala com exclusividade sobre planejamento do Botafogo e situações contratuais para 2018



Continue Lendo

Autor

Guilherme Abrahão

Formado em jornalismo pela Facha, no Rio de Janeiro, Guilherme é natural de Piracicaba, no interior de São Paulo, mas radicado no Rio de Janeiro. Foi responsável, no próprio LANCE, pela cobertura diária durante cinco anos de Fluminense e, por um ano, do Botafogo. Passou também pelo Extra, onde foi responsável pelo dia a dia do Tricolor carioca. Tem ainda passagem pela Garra Comunicação assessoria, trabalhando em grande parte com eventos e atletas de MMA. Retornou como editor do LANCE para falar do que mais gosta de escrever: futebol.

guilhermeabrahao@lancenet.com.br

@g_abrahao