Zé Ricardo: Uma proposta de longo prazo. Será? - Prorrogação

Zé Ricardo: Uma proposta de longo prazo. Será?



É sempre muito difícil opinar sobre uma decisão profissional de alguém que você não conhece. Mas, me parece muito sensato que, neste momento da carreira, o técnico Zé Ricardo prefira dar sequência ao seu trabalho no Vasco. Mesmo que isso possa lhe postergar a tão sonhada independência financeira. O contrato com o Al Ahli, dos Emirados Árabes, era de aproximadamente R$ 500 mil mensais, válido por três temporadas, mais bônus de atingimento de metas. Um cálculo simples coloca a bolada próxima dos R$ 20 milhões. Em todo caso, Zé Ricardo vai receber um aumento salarial e extensão de vínculo com o Vasco até o fim de 2019.

Zé Ricardo optou por dar continuidade ao seu trabalho no Vasco. Crédito: Lance!

 

Porém, o treinador faz parte de uma nova geração de profissionais, que parece estar mais ligada ao que acontece dentro do nosso futebol e aos nossos clubes. Vejo o perfil de Zé Ricardo muito parecido com o de Fábio Carille, do Corinthians e de Jair Ventura, hoje no comando do Santos. Todos eram funcionários de seus clubes no momento em que a oportunidade de assumir a equipe principal surgiu de forma inesperada. Talvez, essa trajetória dê uma cara mais “amadora”, no sentido de ligação pessoal e profissional com os clubes que dirigem. Esse fator pode servir de reflexão para alguns técnicos experientes, que têm no currículo “mais clubes do que anos de vida”. Será que essa alta rotatividade faz bem aos seus trabalhos?

Zé Ricardo não quis sair do Flamengo, foi demitido. Quando chegou ao Vasco, encontrou uma certa resistência pela sua origem. Normal, isso acontece com todos que surgiram profissionalmente no grande rival. Porém, conseguiu se estabilizar com rapidez e o seu trabalho nem chegou a ser questionado. Mesmo sem a fartura técnica que tinha no Rubro-Negro, o fim da temporada de 2017 foi excelente para o Vasco, com a conquista da vaga na Libertadores.

Este ano, com o trabalho de pré-temporada, o treinador vascaíno já demonstrou que pode levar o time longe em seus objetivos. Embora Zé Ricardo esteja muito valorizado no momento, todos conhecemos muito bem como funciona a cabeça dos dirigentes brasileiros. Basta um período de maus resultados para a posição de treinador ficar ameaçada. E será neste momento que vamos saber realmente se o projeto apresentado pela diretoria do Vasco é de longo prazo. Que a avaliação do trabalho de Zé Ricardo seja feita de maneira justa, nos bons e maus momentos da temporada.



MaisRecentes

Eurico Miranda no Vasco: Totalitarismo, coronelismo ou monarquia?



Continue Lendo

Esses jogadores formam a minha seleção do Campeonato Brasileiro! Escale a sua!



Continue Lendo

Quem você gostaria que ganhasse a eleição no Vasco? Saiba como funciona o pleito!



Continue Lendo