Zagueiro colombiano, que atraiu Fla e Barça, brilha no Ajax



O zagueiro colombiano Dávison Sánchez, 20 anos, que conquistou a Copa Libertadores deste ano pelo Atlético de Medellin, que foi pretendido por Flamengo e Barcelona mas que acabou contratado pelo Ajax, é um destaques do início da Eredivisie (campeonato holandês) 2016/17.

Sánchez está na seleção da rodada disputada no último final de semana, na qual o Ajax goleou o PEC Zwolle por 5 a 1. Além de brilhar na fase defensiva ele assinalou 2 gols confirmando sua vocação de ótimo jogador nas duas grandes áreas durante um partida. O Ajax é o segundo colocado na competição que é liderada pelo Feyenoord.

Vale registrar que Sánchez não atuou na goleada sofrida pelo Ajax por 4 a 1 para o clube russo FK Rostov que o eliminou da Champions League 2016/17.

Overmars, Sánchez e Van der Sar na apresentação. (foto - ajax.nl)

Overmars, Sánchez e Van der Sar na apresentação. (foto – ajax.nl)

Proposta do Flamengo

O Flamengo, ainda no período em que era dirigido pelo técnico Murici Ramalho, fez uma proposta oficial pela transferência do jogador que girou entre € 2 e 3 milhões . A mídia brasileira especulava naquele momento que o clube rubro negro pretendia um zagueiro equatoriano, enquanto na verdade seus dirigentes buscavam de todas as maneiras a aquisição do jovem defensor do Atlético Medellín.

A direção do Flamengo entendia que precisava reforçar o sistema defensivo que fez com que o clube tivesse a terceira pior defesa do Campeonato Brasileiro de 2015 com 53c gols sofridos. Frustrada a tentativa pela aquisição de um jovem zagueiro de seleção, o clube se reforçou com Réver, 31 anos, Rafael Vaz, 28 anos, e acabou adquirindo o argentino Alejandro Donati, 29 anos, do Rosário Central.

Negócio quase fechado com o Barça

Logo em seguida o Barcelona praticamente fechou a contratação de Sánchez, que preferiu não seguir para o clube catalão pois ele chegaria para jogar no time B. Ele vinha sendo observado há muito tempo por Roberto Fernandez, principal responsável pelas contratações do clube de Neymar, Suárez e Messi. Segundo Néstor Villareal, procurador do jogador, declarou na época “Sánchez decidiu não jogar no Barcelona B por que não é o mais conveniente para ele, que se sente preparado para atuar numa equipe de primeira divisão europeia”.

Ajax pagou € 5 milhões

O Ajax de Amsterdam, que poucos dias antes já havia contratado o atacante colombiano Mateo Cassierra, 19 anos, junto ao Deportivo Cali, aproveitou e, em junho, pagou algo em torno de € 5 milhões pela sua transferência. Sánchez, decidido a chegar no futebol europeu na condição de titular de uma equipe importante, firmou um contrato de 5 anos. O clube holandês foi representado nas negociações por seu diretor de futebol, o ex-atacante Marc Overmars e pelo diretor comercial, o ex-goleiro Edwin Van der Sar.

Sánchez foi criado nas divisões de base do América de Cali. Seus pais, no entanto, se mudaram para Medellín por motivos profissionais. O Atlético aproveitou a oportunidade e o contratou.

Já em outubro de 2013, através do técnico Juan Carlos Osório, Sánchez passou a atuar na equipe principal do Atlético Nacional, atuando inclusive na Copa Libertadores daquele ano. Ele foi titular absoluto de sua equipe na campanha que culminou com o título de campeão da Libertadores de 2016.

Sánchez convocado por Pekerman

Sánchez foi convocado pelo técnico José Pekerman para a seleção de seu país visando as partidas contra Venezuela e Brasil pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 disputadas no início deste mês. Ele, no entanto, não jogou na derrota colombiana para o Brasil por 2 a 1 em Natal.

Vale a pena acompanhar a trajetória de Sánchez. Sua passagem por Amsterdam não deverá ser muito longa.

 



MaisRecentes

Presidente do Bayern detona valores especulados numa eventual transferência de Neymar.



Continue Lendo

Os extravagantes valores de uma eventual transferência de Neymar do Barça para o PSG



Continue Lendo

United x City jogarão pela primeira vez o “derby” de Manchester fora do Reino Unido.



Continue Lendo