Van Basten está de volta à Seleção Holandesa



A Federação Holandesa de futebol confirmou nesta quinta-feira, através de seu site oficial, que Marco Van Basten é o novo assistente do técnico da seleção, Danny Blind. Seu contrato irá até 31 de julho de 2018.

Semana passada Blind assumiu o cargo de técnico principal em substituição a Guus Hiddink que sofria imensa pressão da mídia e da opinião pública em função da campanha insatisfatória nas eliminatórias para a Eurocopa de 2016 que será disputada entre 10 de junho e 10 de julho na França. A Holanda está na terceira colocação do Grupo A com 10 pontos. A Islândia lidera a chave com 15 pontos, seguida da República Checa com 13.

Marco van Basten nasceu em Ultrech em 1964 (foto - site oficial da KNVB)

Marco Van Basten nasceu em Ultrech em 1964 (foto – site oficial da KNVB)

Blind e Van Basten estrearão contra a Islândia, no próximo dia 3 de setembro, na Amsterdam Arena. No dia 6, a Seleção Holandesa enfrentará, fora de casa, a Turquia na cidade de Konya. Serão duas partidas decisivas na luta pela classificação para a fase final em 2016.

Van Basten foi um dos mais brilhantes atacantes da história do futebol. Ele jogou apenas em dois clubes: Ajax e Milan. Sua partida de estreia como profissional no Ajax foi marcante pois ele entrou no lugar do maior ídolo da história do clube: Johann Cruyff. Van Basten também fez história no Milan formando o trio holandês fantástico com Frank Rijkaard e Ruud Gullit, conquistando 4 Campeonatos Italianos, 3 Champions Leagues e 2 Mundiais de Clubes. Ele jogou 54 partidas pela Seleção Holandesa com a qual conquistou a Eurocopa de 1988 vencendo a final contra a União Soviética por 2 a 0 no estádio Olímpico de Munique. Ele foi eleito em inacreditáveis 3 vezes o vencedor da “Bola de Ouro” da FIFA como o melhor jogador do mundo: 1987/88, 1988/89 e 1991/92.

A carreira de jogador de Van Basten teve um fim precoce, em 1995, em função de problemas insolúveis de contusão em seus tornozelos. No dia em que se despediu da torcida do Milan, num San Siro lotado, o vice presidente do clube, Adriano Galliani, declarou emocionado: “Perdemos o nosso Leonardo da Vinci”.

Van Basten, o "Leonardo da Vinci do Milan" (foto - site oficial do AC Milan)

Van Basten, o “Leonardo da Vinci do Milan” (foto – site oficial do AC Milan)

Sua carreira de treinador teve início em 2003 no Ajax. Em 2004 ele se transformou em técnico principal da Seleção Holandesa. Ele a dirigiu na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha quando foi eliminada por Portugal, dirigido por Felipão, nas oitavas de final. Nos últimos anos ele também trabalhou no Heerenveen e no AZ Alkmaar, onde se encontrava atualmente como assistente técnico por opção pessoal, fugindo do stress emocional inerente à função de técnico principal.

Van Basten declarou ao site oficial da KNVB que está “ansioso para iniciar este trabalho novo ao lado de Danny Blind. Resolvi assumir o desafio ao seu lado”.

Segundo o CEO da Seleção Holandesa, Bert van Oolstveen, “Marco era nossa primeira opção para assistente de Blind. Ele traz grande experiência como técnico e como ex-jogador de futebol. Nós o conhecemos como um treinador dedicado e estamos muito felizes com seu retorno como assistente”.

Danny Blind está entusiasmado em contar com a colaboração de Van Basten: “Com Marco temos um verdadeiro futebolista, que tem um enorme respeito de todos neste esporte. Estou muito satisfeito com a sua chegada. Marco tem uma visão clara do futebol e traz uma experiência rica, adquirida como extraordinário jogador, mas também como treinador em competições internacionais.”

Danny Blind foi o assistente de Van Gaal na Copa de 2014. (foto - site da KNVB)

Danny Blind foi o assistente de Van Gaal na Copa de 2014. (foto – site da KNVB)

Poucas vezes na vida me emocionei quando apresentado a uma figura pública. Pois jamais esquecerei a noite em que jantava com meu querido amigo Hans Jorritsma e sua família num restaurante magnífico, no centro de Amsterdam, conversando, evidentemente, sobre futebol. De repente, Hans, que estava sentado de frente para a entrada do estabelecimento, abre um sorriso e comenta: “Luiz, deixa eu apresentar a você: Marco Van Basten!” E, era, ele mesmo, o Leonardo da Vinci do futebol que estava ali, em carne e osso, se aproximando da nossa mesa, estendendo a mão na minha direção. 

 Atualizado às 11:07 do dia 9 de julho de 2015



MaisRecentes

Marco Asensio será o novo galático do Real Madrid?



Continue Lendo

Rummenigge, presidente do Bayern: “não podemos e não compraremos um jogador por € 222 milhões”



Continue Lendo

Monaco é o campeão europeu em faturamento nas transferências de jogadores



Continue Lendo