Real Madrid e Barcelona com força máxima para o “Clásico”



O Real Madrid receberá o Barcelona neste sábado no primeiro “Clásico” da La Liga 2015/16 em meio a uma expectativa incomum e não apenas pelo aspecto esportivo. Um aparato monstruoso de segurança foi montado para funcionar desde o início do dia em torno do estádio Santiago Bernabéu composto de 1200 agentes da Polícia Nacional – 6 vezes maior do que o de costume – 120 agentes da polícia da cidade, 1195 agentes de segurança privada do Real Madri, 80 profissionais do SAMUR (emergências médicas) e 60 da Cruz Vermelha.

Cerca de 400 jornalistas estão credenciados para cobrir a partida o que comprova a importância global do “Clásico” que terá audiência estimada em 600 milhões de espectadores de 170 países.

O Santiago Bernabéu tem capacidade para 81044 pessoas (fot0 - realmadrid.com)

O Santiago Bernabéu tem capacidade para 81044 pessoas (fot0 – realmadrid.com)

O Real Madrid contará com o seu tridente ofensivo BBC – Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo – e Isco no meio campo no lugar de James Rodrigues. Cristiano Ronaldo não repete o nível da temporada passada, mas teve todo o período de jogos internacionais para se preparar para a partida já que não foi convocado pela seleção portuguesa. O craque  português sabe que está devendo e nada melhor do que voltar a brilhar contra o arqui rival. Ele marcou gol nas últimas 3 vezes que enfrentou o Barcelona.

Bale e Benzema estão de volta depois de afastados por motivos de contusão. No caso do francês, sua recuperação foi abalada pelo episódio que o levou à prisão acusado de envolvimento num caso de extorsão a seu companheiro de seleção Valbuena.

O zagueiro Sérgio Ramos, há dez anos no Real Madrid, esteve presente nos 20 “Clásicos” da La Liga disputados neste período.

O Barcelona, líder da competição com 3 a pontos a mais que o Real, relacionou Lionel Messi e Raktic entre os 18 jogadores que voaram na manhã deste sábado para a capital espanhola, onde chegaram por volta das 11h. A delegação se transferiu para hotel Eurostars Madrid Tower onde descansará até a hora da partida. Apenas 2 goleiros foram convocados para a partida.

Muito dificilmente Luís Enrique começará a partida com o trio MSN – Messi, Suárez e Neymar – dadas as condições físicas de Messi que só nos últimos dias voltou a treinar com o elenco. O craque argentino ainda não se encontra “100% no aspecto físico” como admitiu Luís Enrique na entrevista coletiva desta sexta-feira.

Busquets e Munir embarcam para Madri (foto - Miguel Ruíz-FCB)

Busquets e Munir embarcam para Madri (foto – Miguel Ruíz-FCB)

Neymar e Suárez estão escalados. O brasileiro, atual artilheiro da La Liga com 11 gols, não conseguiu reproduzir nas 2 últimas partidas da Seleção Brasileira o nível extraordinário que tem apresentado no Barcelona. Mas suas performances ao lado do uruguaio nos 2 meses em que o time se viu privado de Messi provaram que a equipe não é exatamente Messidependente como se alardeava. O prestígio de Neymar na mídia espanhola pode ser medido pelo título da matéria do site do diário Marca na manhã deste sábado exatamente sobre seu papel no período de ausência de Messi: DisNeylandia.

Neymar e Dani Alves no vôo para Madri (foto - Instagram)

Neymar e Dani Alves no vôo para Madri (foto – Instagram)

Sem Messi, o Barcelona chegou à liderança do campeonato espanhol e também do seu grupo na Champions League. O embate de hoje é também uma das últimas oportunidades para que Neymar comprove que merece estar entre os indicados para o prêmio Bola de Ouro da FIFA.

Os 2 elencos relacionados para este “Clásico” (20 atletas do Real Madrid e 18 do Barcelona) reúnem jogadores de 13 nacionalidades diferentes: 14 espanhóis, 6 brasileiros, 3 croatas, 3 franceses, 2 argentinos, 2 alemães, 2 portugueses, 1 colombiano, 1 costa-riquenho, 1 chileno, 1 galês, 1 belga 1 1 uruguaio.

Os brasileiros são: Danilo, Marcelo, Casemiro, Dani Alves, Adriano e Neymar.

 

Real MadridReal Madrid

Keylor Navas, Kiko Casilla, Rubén Yáñez, Sérgio Ramos, Pepe, Raphael Varane, Daniel Carvajal, Danilo, Marcelo, Toni Kroos, Casemiro, Isco, Kovacic, Modric, James Rodríguez, Gareth Bale, Jesé Rodríguez, Cristiano Ronaldo, Lucas Vázquez e Karim Benzema.

Técnico: Rafa Benítez

 

BarcelonaBarcelona

Ter Stegen, Claudio Bravo, Gerard Piqué, Ivan Rakitic, Sergio Búsquets, Dani Alves, Andrés Iniesta, Luís Suárez, Lionel Messi, Neymar, Javier Mascherano, Munir, Jordi Alba, Sandro, Sergi Roberto, Adriano, Thomas Vermaelen e Jérémy Mathieu.

Técnico: Luís Enrique

 

Atualizado às 10:00h de 21/11/2015



MaisRecentes

Há 50 anos, o “Bola de Ouro” húngaro Albert vestia a camisa 9 do Flamengo



Continue Lendo

FIFA revoltada com ausência de Messi na festa do “The Best”



Continue Lendo

Última chamada na Champions League: 7 clubes disputam 4 vagas.



Continue Lendo