Que Messi estará em campo no Chile? O extraterrestre ou o apenas craque?



Que Lionel Messi jogará esta noite na estreia da Argentina contra o Paraguai pela Copa América no Estádio La Portada na cidade de La Serena no Chile? O extraterrestre que quebra recordes, reinventa o futebol em muitas das vezes em que entra em campo e lidera o  fantástico time do Barcelona e seu MSN a grandes conquistas ou o craque, até hoje, sem títulos da seleção principal da Argentina?

Messi jogará no Chile sua terceira Copa América (foto - Arquivo Lance!)

Messi jogará no Chile sua terceira Copa América (foto – Arquivo Lance!)

Messi completará 28 anos no próximo dia 24. Apesar de todo o extraordinário cartel que já colecionou através do Barcelona, onde chegou ao elenco profissional, em 2003, e já conquistou 7 títulos da La Liga, 3 da Copa do Rei, 4 da Champions League e 2 do Mundial de Clubes da FIFA, Messi ainda não conquistou nem a Copa América, nem a Copa do Mundo pela seleção principal de seu país. Neste período ele já atuou pela Argentina, desde 2005, em 97 jogos e assinalou 45 gols, com média de 0,46 gol por partida.

Com os mesmos 28 anos, Maradona já tinha sido campeão da Copa do Mundo no México em 1986 e vice-campeão na da Itália em 1990. Ao final da carreira ele acabou disputando 91 jogos pela seleção argentina, entre 1977 e 1994, marcando 34 gols, com média de 0,37 gol por partida.

Os números definem por que Pelé tem que ser considerado o Rei do Futebol. Aos 28 anos, ele já havia ganho 2 Copas (Suécia, em 1958, e Chile, em 1962), estava a dois anos de conquistar a terceira no México em 1970, 2 títulos da Copa Libertadores (1962 e 63) e 2 do Mundial de Clubes (1962 e 63). Pelé, entre 1957 e 1971, vestiu a camisa da Seleção Brasileira em 92 partidas e marcou 77 gols, alcançado a transcendental marca de 0,83 gol por partida.

Pelé foi Tri em 70 no México (foto - Alberto Ferreira - AJB)

Pelé foi Tri em 70 no México (foto – Alberto Ferreira – AJB)

Lionel Messi é, sem dúvida, a maior figura da Copa América que está sendo disputada no Chile e, em função dele, a Argentina merece ser encarada como a grande favorita. Mas isto só eleva o nível de responsabilidade com que o craque nascido na cidade de Santa Fé e que chegou, em 2003, ao Barcelona terá que suportar na busca de seu primeiro título pela equipe principal de seu país.  Para um jogador extraterrestre como Messi, o título de campeão do Mundial de Clubes Sub-20, em 2005, e a Medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, são muito pouco.

E Neymar? Bom, ele só tem 23 anos. Em que nível de excepcionalidade como jogador da Seleção Brasileira e do futebol mundial ele estará com 28 anos, em 2020?



MaisRecentes

Há 50 anos, o “Bola de Ouro” húngaro Albert vestia a camisa 9 do Flamengo



Continue Lendo

FIFA revoltada com ausência de Messi na festa do “The Best”



Continue Lendo

Última chamada na Champions League: 7 clubes disputam 4 vagas.



Continue Lendo