Os números da Seleção Brasileira na Copa até aqui



Atualizado às 07:54 h de 03/07/2018.

 

A Seleção Brasileira jogará as quartas de final da Copa da Rússia 2018 contra a Bélgica na próxima sexta-feira em Kazan. Será o quinto confronto na competição. O terceiro contra uma equipe europeia. Nas duas anteriores ela empatou com a Suíça e venceu a Sérvia. Os outros jogos foram contra equipes das Américas: Costa Rica e México.

A equipe brasileira tem se destacado por um fato bastante relevante: ela marcou gols e não sofreu nenhum nos últimos minutos das partidas. Os últimos instantes de um jogo de futebol, especialmente na competição mais cobiçada e seguida do esporte no planeta, são o momento máximo de desgaste e desconcentração de uma equipe. Neles os jogadores tendem a reagir de maneira particular às situações da disputa em função do cansaço físico e mental a que foram submetidos. As instruções táticas tendem a ser negligenciadas e a falta de foco se generaliza entre os jogadores.

Pois a equipe brasileira, no empate de estreia, dominou e pressionou a partida nos últimos 15 minutos. Ela assinalou seus gols contra Costa Rica aos 46 minutos e 52 minutos do segundo tempo com Philippe Coutinho e Neymar e o segundo gol contra o México, de Roberto Firmino, surgiu aos 43 minutos do segundo tempo.

Os números, portanto, indicam que o time brasileiro tem concluído as partidas em boas condições físicas e de concentração e que tem sabido se valer disto.

O Brasil até aqui tem o jogador que mais chutou a gol no torneio¹, Neymar, com 24 tiros dos 77 que o time desferiu.

Neymar e Firmino comemoram o segundo gol contra o México (foto – AFP)

A equipe de Tite assinalou 7 gols e tomou 1, com a média 1.7 gol marcado por jogo, quando a média da competição é de 2.6 gols por partida. Foi pilhada em 8 impedimentos, cometeu 34 faltas, sofreu 59, tomou 5 cartões amarelos e nenhum vermelho.

Casemiro tomou o segundo cartão amarelo contra o México e não poderá jogar contra a Bélgica.

Os artilheiros brasileiros são Philippe Coutinho e Neymar com 2 gols cada.

Dos 23 atletas inscritos, 18 já participaram de uma partida. Edérson, Cássio, Geromel, Fred e Taison ainda não foram utilizados.

Apenas Alisson, Thiago Silva, Miranda e Neymar estiveram 100% do tempo em campo nas 4 partidas até aqui.

O Brasil enfrentará a Bélgica que tem o ataque mais positivo da Copa com 12 gols assinalados, sendo que 4 deles através de Romelu Lukaku.

A equipe de Roberto Martinez tomou 4 gols até agora, tentou 77 chutes ao gol adversário, acertando 30, foi pilhada em 6 impedimentos, cometeu 56 faltas, sofreu 50 e seus jogadores receberam 5 cartões amarelos.

Brasil x Bélgica marcará o embate entre uma das duas melhores defesas² contra o melhor ataque do Mundial da Rússia. O time brasileiro cometeu menos 22 faltas e sofreu mais do 9 do que a equipe belga.

Ambos os times chutaram 77 vezes ao gol adversário, sendo que 29 dos arremates brasileiros acertaram o alvo, contra 30 dos belgas.

 

 

 

¹O dados estatísticos deste texto são os divulgados oficialmente pela FIFA.

²A outra defesa é a do Uruguai que também só sofreu apenas 1 gol nas 4 partidas disputadas.

 



MaisRecentes

CR7 é caro, mas também uma máquina de gerar gols, audiência e dinheiro



Continue Lendo

Paul Scholes: Pep Guardiola inspira a Inglaterra de Southgate



Continue Lendo

A Copa do Qatar começa hoje para o Brasil. Não devemos nem perder tempo, nem perder Tite.



Continue Lendo