Os 4 gigantes das semifinais da Champions League 2014/15



Quatro gigantes do futebol europeu garantiram vaga nas semifinais da UEFA Champions League 2014/15: Bayern de Munique, Barcelona, Real Madrid e Juventus, representando Alemanha, Espanha e Itália. São 21 títulos da competição somados:

Real Madrid – 10 títulos – 1955/56; 1956/57; 1957/58; 1058/59; 1959/60; 1965/66; 1997/98/; 1999/2000; 2001/02; 2013/14

Bayern de Munique –  5 títulos – 1973/74; 1974/75; 1975/76; 2000/01; 2012/13

Barcelona – 4 títulos – 1991/92; 2005/06; 2008/09; 2010/11

Juventus – 2 títulos – 1984/85; 1995/96Champions Berlim

Todos estão entre os 10 primeiros da lista dos clubes que mais faturaram no mundo na temporada 2013/14, segundo o relatório da consultoria Deloitte ” Football Money League 2015″ :

1º Real Madrid – € 549.5 mi (R$ 1.881 bi)

3º Bayern de Munique – € 487.5 mi (R$ 1.669 bi)

4º Barcelona – € 484.6 mi (R$ 1.659 bi)

10º Juventus – € 279.4 (R$ 956 mi)

Só pela classificação para as semifinais cada um destes 4 clubes fatura € 4.9 mi (R$ 16.8 mi). O prêmio para o campeão será de €10.5 mi (R$ 35.9 mi) e €6.5 mi (R$ 22.3 mi).

Na próxima sexta-feira, às 7:30h da manhã (Brasília), haverá o sorteio livre que definirá os duelos nas semifinais. As partidas de ida acontecerão nos dias 5 e 6 de maio e a da volta nos dias 12 e 13 de maio.

A final está marcada para o dia 6 de junho em Berlim.

Como este blog escreveu dias atrás, cada vez mais as competições europeias estão sendo monopolizadas pelos mega clubes que dispõem de recursos para organizar grandes e poderosos elencos. O estranho nesta temporada é ausência dos clubes ingleses integrantes da milionária Premier League das fases finais tanto da Champions League quanto da Europa League.



MaisRecentes

Barcelona se revolta com matéria que vincula contratação de Paulinho aos interesses da empresa do presidente Bartomeu.



Continue Lendo

Campeonato Italiano com 20 clubes tem sido previsível e elitista ao longo da história



Continue Lendo

Real Madrid é Supercampeão e segue insaciável na Europa



Continue Lendo