O seleto grupo dos tríplices campeões da Europa



Juventus e Real Madrid disputam, neste sábado, em Cardiff, no País de Gales, o título da Champions League 2016/17. Os dois já haviam decidido a competição na temporada 1997/98, com a vitória do Real Madrid.

Apesar de ser o maior vencedor da competição com 11 conquistas, o gigante espanhol continuará sem atingir uma sua velha aspiração: a tríplice coroa europeia.

Paradoxalmente, a Juventus, que conquistou a Champions em apenas 2 temporadas, poderá ingressar no seletíssimo grupo de 8 clubes que até hoje lograram garantir na mesma temporada as conquistas simultâneas da copa nacional, do campeonato nacional de seu país e da Champions League.

O grupo é composto por clubes representativos de 6 países diferentes: Escócia, Holanda, Inglaterra, Espanha, Itália e Alemanha.

Zidane tenta o bi da Champions como técnico (foto - uefa.com)

Zidane tenta o bi da Champions como técnico (foto – uefa.com)

Jamais um técnico conquistou mais de uma tríplice coroa. E continuará assim já que nem Zinedine Zidane, nem Massimiliano Allegri podem fazê-lo nesta temporada. O francês, entretanto, tem a chance de fazer história de outra maneira, conquistando a competição pela segunda temporada consecutiva. Neste caso, o Real Madrid se transformará no primeiro clube a ganhar o título de maneira consecutiva desde que a competição passou a ser denominada de Champions League.

Curiosamente ambos os clubes chegam a final logo após conquistarem o 33º título de campeão nacional de seus países. Marcas só superadas pelo escocês Glasgow Rangers com 54, o também escocês Celtic de Glasgow com 48, o grego Olympiakos com 44, o português Benfica com 36, o belga Anderlecht com 34 e o holandês Ajax com 36.

É justo observar que a Juventus se transformou no primeiro clube de seu país a conquistar o scudetto pela 6ª vez sucessiva.

 

Os 8 tríplices campeões

1967 – Celtic – Escócia – técnico Jock Stein

1972 – Ajax – Holanda – técnico Stefan Kóvacs

1988 – PSV – Holanda – técnico Guus Hiddink

1999 – Man United – Inglaterra – técnico Sir Alex Ferguson

2009 – Barcelona – Espanha – técnico Pep Guardiola

2010 – Inter de Milão – Itália – técnico José Mourinho

2013 – Bayern de Munique – Alemanha – técnico Jupp Heynckes

2015 – Barcelona – Espanha – técnico Luís Enrique

 

A disputa entre os finalistas no Facebook

Uma outra faceta interessante do duelo entre Juventus e Real Madrid é registrada pelo diário esportivo italiano La Gazzetta dello Sport através do confronto da audiência no Facebook, uma das mais importantes redes sociais existentes. Nele o clube espanhol aparece com 103 milhões de seguidores e o italiano com 28 milhões e 350 mil. Curiosamente os números indicam que a Juventus tem mais seguidores entre os brasileiros que o Real Madrid

Dani Alves o líder da Juve no Facebook (foto - Reprodução Twitter)

Dani Alves o líder da Juve no Facebook (foto – Reprodução Twitter)

Entre os jogadores que estarão em campo em Cardiff, os números coletados no último dia 30 de maio não são menos impressionantes: Cristiano Ronaldo lidera com 121.160.035 seguidores, James Rodriguez aparece em segundo com 32.173.414 e Gareth Bale com 28.765.934 vem em terceiro.

O primeiro atleta da Juve na lista é o brasileiro Daniel Alves, na nona posição, com 8.230.675 seguidores.

O primeiro espanhol na relação é Sérgio Ramos na quarta posição com 23.123.734 de seguidores e o italiano melhor colocado é Gianluigi Buffon com 4.754.612 na 14ª posição.

 

 



MaisRecentes

Relatório aponta que todos os 12 principais clubes campeões nacionais de futebol na Europa são lucrativos



Continue Lendo

Os números de David Neres o colocam na trilha de Romário no futebol holandês.



Continue Lendo

Brasileiros na mira da Inter de Milão: Rafinha do Barça e Ramires do Jiangsu Suning.



Continue Lendo