Novo contrato com De Gea é prova de força do Manchester United



O Manchester United sacramentou nesta sexta-feira sua principal contratação para a próxima temporada. E uma das mais baratas. David De Gea, 24 anos, assinou um novo contrato com o clube até 2019, com uma cláusula de renovação automática por mais uma temporada.

Trata-se do desfecho sonhado pelo técnico Louis Van Gaal, negociado arduamente pelo vice presidente do clube Edward Woodward e que representa uma inegável demonstração de força do clube inglês. O goleiro chegou a ser anunciado como novo jogador do Real Madrid até por que era seu desejo explícito. Estamos diante de um caso raro no mercado de transferências internacional quando um jogador perto do final de seu contrato não impõe sua vontade em relação a seu futuro profissional.

A dupla Van Gaal e De Gea funcionou na temporada passada (foto - site oficial do MUF)

A dupla Van Gaal e De Gea funcionou na temporada passada (foto – site oficial do MUFC)

O episódio desgastou seriamente a imagem do presidente Florentino Perez do Real Madrid, criticado por ter agido com displicência e só ter decidido negociar a transferência do jogador no última dia da janela de transferências.

De Gea passará a receber algo estimado entre €815 mil e €1 milhão mensais, o que o coloca na condição de goleiro mais valorizado no futebol mundial atualmente. Seu contrato anterior estipulava uma remuneração mensal de €218 mil. Ainda não está claro se o contrato estipula alguma cláusula especial que permita a saída para o Real Madrid ao final da atual temporada.

O goleiro espanhol chegou ao clube em 2011 vindo do Atlético de Madrid e já vestiu a camisa dos “Reds” em 175 partidas. Neste período ele conquistou uma Premier League (2012/13) e foi agraciado por duas vezes com Troféu Matt Busby de melhor jogador do Manchester United no ano, produto da eleição direta dos torcedores. Ele é o primeiro jogador desde Cristiano Ronaldo a receber o prêmio duas vezes consecutivas.

De Gea ainda não jogou pelo United na atual temporada. O clube decidiu não escalá-lo enquanto seu futuro não estivesse oficialmente decidido. Seu lugar foi ocupado pelo goleiro da seleção argentina Sérgio Romero, que foi contratado recentemente junto à Sampdoria. Ele deve voltar à condição de titular, já neste sábado, no clássico contra o Liverpool, em Old Trafford. A imprensa inglesa especula sobre como o arqueiro espanhol será recebido pela fanática e exigente torcida do United na medida em que ele estava explicitamente interessado em se transferir para o Real Madrid.Man Utd

Em entrevista ao MUTV – canal por assinatura do Manchester United – De Gea, antes de tudo, se dirigiu à torcida: “eu gostaria de dizer muito obrigado para nossa torcida que está sempre ao lado do time, ao lado do clube e isto é demais. Nossa torcida é uma das melhores do mundo”.

Segundo o espanhol, “as férias de verão foram diferentes, é verdade, com muita especulação. Mas eu mantive o foco, fiquei calmo e segui trabalhando duro”.

De Gea não se esqueceu dos companheiros de elenco: “eu preciso agradecer também aos meus parceiros. Eles são fantásticos e estou muito feliz de continuar ao lado deles”.

O goleiro garante estar pronto para estrear imediatamente: “tenho treinado muito, atuei pela minha seleção, portanto, me sinto pronto e 100% em forma. Este momento é perfeito para voltar a Old Trafford e encontrar nossa torcida contra o Liverpool. É um jogo sempre especial para nós e para o mundo. É um grande jogo e, obviamente, nós temos que ganhar e dedicar os 3 pontos para a torcida”.

A vitória sobre o Liverpool na temporada passada está na memória de De Gea: “foi um jogo fantástico e uma atmosfera fantástica. Foi um dia perfeito e nós ganhamos por 3 a 0. É claro que é uma nova temporada, com novos jogadores e nós vamos fazer de tudo para vencer de novo”.

David De Gea garante estar em foma. (foto - site oficial do MUFC)

David De Gea garante estar em foma. (foto – site oficial do MUFC)

Parafraseando uma das músicas cantadas pela torcida do clube De Gea admitiu que tem metas ambiciosas para a temporada:”nós somos o Manchester United, um dos maiores clubes do mundo. Vamos tentar ganhar tudo. É claro que é difícil, mas nós somos o Manchester United. Vamos tentar ganhar cada jogo e cada troféu”.

A permanência de De Gea no Manchester United também pode ser entendido como uma oportuna vitória pessoal do técnico Louis Van Gaal. Fiel ao seu estilo, Van Gaal é determinado na aplicação de seus conceitos o que tem provocado críticas de parte da mídia inglesa, que já aponta algum desgaste no seu relacionamento com alguns jogadores importantes do plantel.

Depois de quatro rodadas o Manchester United está na quinta posição na tabela de classificação da Premier League. O clube está no Grupo B  da Champions League ao lado de CSKA Moscou, PSV e Wolfsburg.

 

 

 



MaisRecentes

CR7 é caro, mas também uma máquina de gerar gols, audiência e dinheiro



Continue Lendo

Paul Scholes: Pep Guardiola inspira a Inglaterra de Southgate



Continue Lendo

A Copa do Qatar começa hoje para o Brasil. Não devemos nem perder tempo, nem perder Tite.



Continue Lendo