Negócios na Série A: Juventus fechou o mercado com lucro de € 23 milhões. A Inter ficou negativa em € 103 milhões.



O diário italiano La Gazzetta dello Sport realizou um interessante levantamento das negociações realizadas pelos 20 clubes da Série A italiana no mercado recém encerrado.

No total foram investidos € 708.5 milhões que indicam uma importante mudança em relação aos € 382 milhões dispendidos 5 anos atrás e algo como € 100 milhões a mais do que na temporada anterior.

Entre aquilo que gastaram com contratações e o que receberam pela venda o resultado é um desprezível saldo negativo de € 10.5 milhões.Serie A 2016

A Juventus foi o clube que mais investiu (€162.5 milhões) e ao mesmo tempo a que mais arrecadou com a negociação de jogadores (185.2 milhões), gerando um superavit neste item de € 22.7 milhões. A maior transação da temporada foi a contratação de Gonzalo Higuain junto ao Napoli por € 90 milhões.

A Inter de Milão foi a segunda maior gastadora da temporada (€113.8 milhões), mas como só negociou 10.9 milhões se revelou o mais desequilibrado de todos os balanços com um saldo negativo impressionante de € 102.9 milhões.

O modesto Chievo não movimentou recursos para montar sua equipe. Ele não recebeu nada pela saída de jogadores, nem gastou nada na contratação.

O Torino foi o clube que saiu com o saldo mais positivo: 30.9 milhões. Além disto se destacou pela ousadia em contratar o goleiro da seleção inglesa Joe Hart, com quem o novo técnico do Manchester City, Pep Guardiola, não contava.

Atalanta, Crotone, Empoli, Fiorentina, Juventus, Palermo, Pescara, Sampdoria, Sassuolo, Torino e Udinese foram os clubes que fizeram dinheiro neste mercado.

Gabigol custou 29 dos 113.8 que a Inter gastou (foto - inter.it)

Gabigol custou 29 dos 113.8 que a Inter gastou (foto – inter.it)

É possível perceber portanto que o futebol italiano se racionalizou e passou a operar de uma maneira mais equilibrada. É preciso agora que os clubes partam para a modernização de seus estádios de modo a gerar mais receitas.

A chegada de investidores internacionais como os chineses que adquiriram o controle acionário da Inter e do Milan também deverá contribuir para a dinamização dos negócios na Série A.

Evidentemente, a política de Fair Play Financeiro adotada pela UEFA também contribuiu para que o outrora irresponsável mercado italiano passasse a trabalhar de maneira mais razoável.

O balanço completo clube a clube da Série A é:

ATALANTA

Gastou – 11 milhões

Recebeu – 17 milhões

Saldo:  + 6 milhões

 

BOLOGNA

Gastou – 21.9 milhões

Recebeu – 17.5 milhões

Saldo:  – 4.4 milhões

 

CAGLIARI

Gastou – 9.25 milhões

Recebeu – 9.45 milhões

Saldo:  – 2.8 milhões

 

CHIEVO

Gastou – 0 €

Recebeu – 0 €

Saldo:  0 €

 

CROTONE

Gastou – 4.8 milhões

Recebeu – 7.5 milhões

Saldo:  + 2.7 milhões

 

EMPOLI

Gastou – 2.2 milhões

Recebeu – 18 milhões

Saldo:  + 15.8 milhões

 

FIORENTINA

Gastou – 14.35 milhões

Recebeu – 31.95 milhões

Saldo:  + 17.6 milhões

 

GENOA

Gastou – 9 milhões

Recebeu – 8.5 milhões

Saldo:  – 0.5 milhão

 

INTER

Gastou – 113.8 milhões

Recebeu – 10.9 milhões

Saldo:  – 102.9 milhões

 

JUVENTUS

Gastou – 162.5 milhões

Recebeu – 185.2 milhões

Saldo:   + 22.7 milhões

 

LAZIO

Gastou – 33.5 milhões

Recebeu – 28 milhões

Saldo:  – 5.5 milhões

 

MILAN

Gastou – 25.5 milhões

Recebeu – 14.5 milhões

Saldo: – 11 milhões

 

NAPOLI

Gastou – 112 milhões

Recebeu – 99.5 milhões

Saldo:  – 12.95 milhões

 

PALERMO

Gastou – 14.7 milhões

Recebeu – 19 milhões

Saldo : + 4.3 milhões

 

PESCARA

Gastou – 8.4 milhões

Recebeu – 14 milhões

Saldo:  +4.3 milhões

 

ROMA

Gastou – 81.1 milhões

Recebeu – 54.4 milhões

Saldo:  – 25.7 milhões

 

SAMPDORIA

Gastou – 34.3 milhões

Recebeu – 49.8 milhões

Saldo:   + 15.5 milhões

 

SASSUOLO

Gastou – 16.1 milhões

Recebeu – 31.2 milhões

Saldo : + 15.1 milhões

 

TORINO

Gastou – 24.25 milhões

Recebeu – 55.15 milhões

Saldo:  + 30.9 milhões

 

UDINESE

Gastou – 8.8 milhões

Recebeu – 27 milhões

Saldo:  + 18.2 milhões

 

 

 

 

 

 

 

 

 



MaisRecentes

Mourinho foi mais Mourinho do que nunca em Estocolmo



Continue Lendo

Final da Europa League: Ajax e Manchester United duelam como bom humor no Twitter



Continue Lendo

Os 4 meninos prodígios do futebol mundial



Continue Lendo