Mourinho relativiza os 4 a 1 do Borussia Dortmund sobre seu Manchester United



O Borussia Dortmund se valeu de tempo de preparação acumulado superior ao do Manchester United de José Mourinho na atual pré-temporada para golear o clube inglês por 4 a 1 na abertura da Internacional Champions Cup. A partida aconteceu em Xangai na China. Zlatan Ibrahimovic não está inscrito na competição, nem viajou para a Ásia com a delegação.

Mourinho aproveitou a partida para observar seu novo elenco e dar oportunidade para alguns jogadores que aparentemente não fazem parte de seus planos iniciais como os holandeses Daley Blind e Memphis Depay, o argentino Marcos Rojo, o meia belga/albanês Adjan Januzaj, o brasileiro/belga Andreas Pereira e o meia espanhol Juan Matta.

Mourinho não escondeu a decepção durante o jogo (foto -manutd.com)

José Mourinho não escondeu a decepção durante o jogo (foto -manutd.com)

Após a partida o técnico português entendeu o resultado diante das circunstâncias e fez questão de afirmar que os resultados não são a coisa mais importante no atual estágio de seu trabalho. Para ele o calor de 34 graus e o maior tempo de preparação do Borussia definiram as condições desfavoráveis da sua equipe:

– Eu acho que numa pré-temporada a equipe que ganha é sempre aquela que está em um estágio mais avançado de preparação, sempre. Nunca a melhor equipe, sempre a equipe que está com mais tempo de preparação. Era muito óbvio. Foi o confronto de uma equipe com quatro jogos em suas pernas contra o time com uma partida. Foi a disputa entre a equipe que trabalha há vários meses contra nós, com um máximo de 15 dias. Alguns de nossos jogadores chegaram 3 ou 4 dias atrás. Havia uma enorme diferença na preparação. Ninguém gosta de perder. Não estamos felizes com isso, mas estou satisfeito com os 90 minutos que temos em nossas pernas. Foi muito importante competir em circunstâncias difíceis como o clima e os adversários. Isso foi bom para nós, declarou o técnico português ao canal de TV do Manchester United.

O tipo de excursão que o Manchester United organizou mereceu comentários de Mourinho:

-Há diferentes tipos de excurção. Alguns preferem jogar contra clubes de qualidade inferior e ganhar para conquistar confiança. Às vezes acaba sendo um tipo de confiança fora do contexto e fora da realidade. Quando estamos jogando contra um clube do nível do Borussia Dortmund, que iniciou antes os trabalhos do que nós, naturalmente, jogamos contra um dos melhores da Europa. É obviamente mais difícil.

Mourinho admitiu que seus jogadores sentiram o resultado:

-Eles estão frustados por que ninguém gosta de perder. Mesmo quando você alerta que isto não é um problema, ninguém gosta de perder, mesmo em amistosos. Na realidade eu esperava um jogo realmente muito difícil.

Mourinho definiu o estágio de seu trabalho à frente do gigante inglês:

-Neste momento eu não estou criando um time. Estou sem vários jogadores. Estamos desenvolvendo a forma individual dos jogadores e tentando colocá-los em boas condições. Para os contratados e todos os demais jogadores eles tiveram de jogar 45 minutos, 70 ou 90 minutos. E isto é muito importante. Eu imagino até que eles precisarão de tempo para se recuperar do esforço deste jogo. É bom que isto aconteça como todos eles nesta etapa da pré-temporada.icc_logo-dc9414c1b3a5ff62249cc3e815e6877aeedbf343e02cefeb9ca816a54f76ba7d

Como sempre Mourinho foi habilidoso e político em sua primeira coletiva na ICC. Ele fez questão de ressaltar as dificuldades de sua equipe comparadas as do Borussia Dortmund e relativizou o resultado. O fato, no entanto, é que suas reações à beira do campo durante a partida não eram de um técnico conformado ou indiferente com o que via. Mourinho recorreu a um caderno de anotações várias vezes durante o jogo para registrar observações daquilo que presenciava e não foi exprimindo cada vez mais flagrantemente a decepção com a evolução da goleada.

O Manchester United deverá voltar a campo na próxima segunda-feira, às 8h da manhã (horário de Brasília), em Pequim, para enfrentar pela primeira vez na história o arqui rival Manchester City, de Pep Guardiola, fora do território britânico. O jogo ainda sofre a ameaça de adiamento em função das chuvas torrenciais que vem caindo sobre a capital chinesa.

O Borussia Dortmund só voltará a atuar na próxima quinta-feira contra o Manchester City na cidade de Shenzen. Além da vitória na estreia na competição os torcedores do time alemão tiveram mais notícias positivas nesta sexta-feira com a confirmação da chegada de Mário Götze e de André Schürrle.

Todas as partidas da ICC serão transmitidas pelos canais Esporte Interativo.

 

 

 

 



MaisRecentes

Marco Asensio será o novo galático do Real Madrid?



Continue Lendo

Rummenigge, presidente do Bayern: “não podemos e não compraremos um jogador por € 222 milhões”



Continue Lendo

Monaco é o campeão europeu em faturamento nas transferências de jogadores



Continue Lendo