Lillo, mentor de Guardiola e sucessor de Rueda, deixa o Atlético Nacional de Medellín



Atualizado às 18:11h de 06/12/2017

 

O espanhol Juan Manuel Lillo, 52 anos, um dos mentores de Pep Guardiola e sucessor de Reinaldo Rueda , decidiu deixar a direção técnica do Atlético Nacional de Medellín que ocupava desde 27 de junho deste ano. Ele tomou a decisão após as 2 derrotas consecutivas para o Tolima que eliminou o clube nas quartas de final da Liga Áquila Colombiana.

O presidente do Atlético Nacional, Andrés Botero, confessou ao diário El Colombiano “que “ficamos muito felizes com o processo e as idéias do professor Lillo, mas ele decidiu sair para não afetar os jogadores e os profissionais”. Ele acrescentou que Lillo comunicou sua decisão à direção do clube numa reunião noite da última segunda-feira.

Botero comentou a relação de Lillo com o elenco numa entrevista coletiva ao lado dos jogadores e da comissão técnica: “fiquei surpreso com a amizade de Lillo com os jogadores e a Comissão Técnica. Decidimos juntos manifestar nosso apoio a ele nessa conferência de imprensa “.

O desgaste do técnico junto à torcida, no entanto, beirava o insuportável. Apesar de credenciado pela admiração de Pep Guardiola, o CV pouco expressivo e a expectativa criada pelo sucesso de Reinaldo Rueda, campeão da Copa Libertadores de 2016, minaram desde o início a confiança dos torcedores em Lillo.

No confronto com os clubes grandes da Colômbia, o Nacional de Lillo só conseguiu vencer o Millonarios de Bogotá por 3 a 2 e o América de Cali por 2-0, ambos em casa. Contra os demais, ele perdeu para o Deportivo de Medellin por 1 a 0, para o Cali  por 1 a 0, para o Santa Fé por 1 a 0 e para o Junior de Barranquila por 2 a 0. No total, o Nacional sob o comando de Lillo teve uma média de 33,3% de aproveitamento.

Lillo herdou de Rueda o clube campeão da Libertadores (foto – conta pessoal do Twitter)

O novo técnico do Atlético Nacional deverá ser argentino ou colombiano segundo o presidente: “os argentinos conhecem a cultura peculiar do nosso futebol e por isto se adaptam mais facilmente ao nosso ambiente”. O anúncio do nome do novo técnico não deverá tardar. O clube deseja que ele já esteja definido quando os jogadores retornarem das férias no dia 5 de janeiro.

Juan Manuel Lillo tem experiência de 27 anos no futebol e já trabalhou no Millonários da Colômbia e no Oviedo, Tenerife, Real Sociedad, Zaragoza, Almería e Salamanca na Espanha. Ele também foi assistente de Jorge Sampaoli na seleção chilena.

Lillo desfruta de relacionamento próximo aos argentinos Jorge Valdano e César Luís Menotti. Ele também já foi comentarista de TV na Espanha.

Lillo é um dos principais pensadores do futebol a partir fundamento da posse de bola. Para ele os dois times que melhor desenvolveram este fundamento no futebol foram o Ajax de Louis Van Gaal, campeão da Champions League de 1995/96 , e o Barcelona de Pep Guardiola, grande amigo seu e uma das pessoas com quem costuma conversar sobre aspectos táticos do futebol.

Martí Perarnau, no livro “Guardiola Confidencial”, inclui Lillo, apesar de ser “um técnico desconhecido na elite competitiva”, na lista das pessoas que influenciam Guardiola em função de “sua lucidez analítica”. Guardiola admite que Johan Cruyff e Lillo são as pessoas que mais influenciaram na sua visão de futebol.

 



MaisRecentes

FIFA ameaça a Espanha de exclusão da Copa do Mundo da Rússia em 2018



Continue Lendo

Há 70 anos o Real Madrid inaugurava o estádio Santiago Bernabéu



Continue Lendo

Quais foram os 11 melhores jogadores das 5 principais ligas europeias no último semestre?



Continue Lendo