Laporta – o presidente de Ronaldinho, Rijkaard, Guardiola e Messi – quer voltar ao Barça



Depois de meses de suspense, finalmente, o ex-presidente Joan Laporta confirmou oficialmente que será candidato a presidente do FC Barcelona no pleito previsto para o próximo dia 18 de julho. O anúncio foi feito através de  um vídeo postado nas contas pessoais de Laporta no Twitter e no Facebook, no qual aparece acompanhado das bandeiras da Catalunha e do Barcelona.

27138 sócios votaram em Laporta em 2003. (foto - site oficial do FCB)

27 138 sócios votaram em Joan Laporta nas eleições realizadas em 2003. (foto – site oficial do FC Barcelona)

O ex-presidente diz na mensagem que “como vocês já sabem me apresento às eleições do Barça. Faço para conseguir que o clube seja de todos. Me sinto mais preparado do que nunca. Tenho mais experiência. A maioria já conhece meus defeitos, mas mantenho os mesmos princípios, que são os princípios do Més que un Club. O Barça é Cruyff, La Masia, Cataluña, Unicef. Um modelo de clube que defenderei, poliesportivo e uma organização profissional transparente que faça com que o clube funcione”.

A apresentação pública da candidatura, provavelmente através de uma entrevista coletiva, deverá acontecer na próxima segunda-feira. Laporta é o sexto candidato que se apresenta para o próximo pleito. Os demais são o atual presidente Josep Maria Bartomeu; Jordi Majó, que já concorreu nas eleições de 2003; o ex-porta voz do clube Toni Freixa; Jordi Ferré, líder do grupo “Sont gent normal” e Agustí Benedito, o segundo candidato mais votado nas eleições de 2010 vencidas por Sandro Rosell.

As eleições no Barcelona são diretas, como as da grande maioria dos clubes brasileiros, e contam com a participação de quase 50 mil sócios.

Laporta foi presidente entre 2003 e 2010, sucedendo Joan Gaspart. No início, ele contou com colaboração de Rosell e Bartomeu que resolveram se afastar em 2005. Em seu mandato ele contratou Ronaldinho Gaúcho, e teve como técnicos Frank Rijkaard e Pep Guardiola. Após um início decepcionante em termos de resultados o Barcelona sob a presidência de Laporta acabou obtendo conquistas extraordinárias: duas Champions Leagues, quatro La Ligas, um Mundial de Clubes, uma Copa do Rei, três Supercopas da Espanha e uma Supercopa da Europa. Laporta tem em Joahan Cruff um amigo pessoal e um conselheiro para os assuntos do futebol.
Ronaldinho Gaúcho foi a primeira grande contratação de Laporta (foto - arquivo Lance!)

Ronaldinho Gaúcho foi a primeira grande contratação de Laporta (foto – arquivo Lance!)

 
Quando deixou a presidência do Barcelona, Laporta se dedicou à política institucional. Ele liderou a criação do partido “Democracia Catalã’ pelo qual se elegeu, em novembro de 2010, para o parlamento da Prefeitura de Barcelona. Ele é um entusiasta das teses de soberania e independência da Catalunha.
 
A mensagem do vídeo do ex-presidente se encerra com uma mensagem entusiasmada em catalão: “chegou a hora da verdade. Eu preciso mais do que nunca do seu apoio. Viva o Barcelona! Viva a Catalunha!”.
 
O advogado Joan Laporta tem 53 anos, é casado e tem 3 filhos.
 

 



MaisRecentes

Marco Asensio será o novo galático do Real Madrid?



Continue Lendo

Rummenigge, presidente do Bayern: “não podemos e não compraremos um jogador por € 222 milhões”



Continue Lendo

Monaco é o campeão europeu em faturamento nas transferências de jogadores



Continue Lendo