Juventus recebe premiação maior que o campeão Barcelona na Champions League 2014/15



A UEFA anunciou, nesta sexta-feira, a divisão da premiação total de pouco mais de €1 bilhão a que fizeram jus os 32 clubes que disputaram a fase de grupos da Champions League 2014/15 e que foi conquistada pelo FC Barcelona na final disputada no Estádio Olímpico de Berlim contra a Juventus FC de Turim.

Cada clube recebeu um mínimo de €8.6 milhões pela participação. Os bônus por performance foram pagos da seguinte maneira: €1 milhão por vitória e €500 mil por empate na fase de grupos, assim como por cada fase da fase de playoffs. A divisão do valor relativo à quota de mercado foi dividido considerando o valor proporcional do mercado nacional em que cada clube está vinculado, dentre outros fatores.

A Juve do presidente Andrea Agnelli foi o clube que mais faturou (foto - Juventus.com)

A Juventus do presidente Andrea Agnelli foi o clube que mais faturou

Os bônus por desempenho na fase eliminatórias pagaram €3,5 milhões pela participação nas oitavas-de-final, €3,9 milhões nas quartas-de-final e €4,9 milhões nas semi-finais. O FC Barcelona recebeu €10,5 milhões pela vitória na final de Berlim, enquanto a Juventus FC faturou €6,5 milhões.

Os 20 clubes que jogaram as fases de play off dividiram €42 milhões. A Associação Europeia de Clubes recebeu €3,5 milhões por um acordo estabelecido com a UEFA.

A foto fala por si só. (foto - site oficial do FC Barcelona)

A foto fala por si só. O tríplice campeão (foto – site oficial do FC Barcelona)

Ao final, a Juventus foi, de longe, o clube que teve a maior participação com €89.1 milhões, superior inclusive ao campeão Barcelona que teve direito a pouco mais de €61 milhões. Isto se explica pela cota de participação de mercado. Os representantes italianos tiveram direito a €93,5 milhões, a Juventus ficou com €58,2 milhões e a Roma com igualmente expressivos €35,3 milhões.

 

Dados oficiais da UEFA

Dados oficiais da UEFA

 

Atualizado às 21:36h de 17/10/2015

 

 



MaisRecentes

Lillo, mentor de Guardiola e sucessor de Rueda, deixa o Atlético Nacional de Medellín



Continue Lendo

Florentino Pérez confia em Zidane e decide reforçar o elenco do Real Madrid



Continue Lendo

FIFA projeta um Super Mundial de Clubes para a partir de 2021



Continue Lendo