Jornal inglês aponta os 50 mais promissores jovens jogadores do futebol internacional



O site do diário londrino “The Guardian” montou uma lista com os 50 jogadores nascidos em 1998 (17 anos de idade) mais promissores do futebol internacional, não incluindo os oriundos do Reino Unido. Os critérios para a escolha dos nomes não são explicitados.

Se partirmos da relação produzida na temporada passada vale a pena levar o estudo a sério. Nela constavam os nomes de Gerson, do Fluminense, e Malcom, do Corinthians, dois jovens já incorporados aos elencos profissionais de seus clubes e que vão confirmando o potencial demonstrado nas divisões inferiores e na própria Seleção Brasileira.

Gerson nasceu em 20 de maio de 1997 (foto - Wagne Meier - Lancepress)

Gerson Santos da Silva nasceu em 20 de maio de 1997 (foto – Wagner Meier – Lancepress)

 

Portanto vale a pena registrar os nomes de 2015 para verificação no futuro do nível de acerto do estudo. Interessante observar que a Alemanha, campeã da Copa do Mundo de 2014, e a Argentina, vice-campeã, aparecem com apenas 2 nomes, cada, enquanto Holanda e Brasil, terceiro e quarto colocados na Copa de 2014 e Espanha, campeã da Copa de 2010, participam com 3 jogadores, cada.

A liderança da França com 4 jogadores é coerente com o fato dela ser a atual campeã da Euro Sub-17, em título conquistado na competição disputada este ano na Bulgária.

 

Franceses comemoram o título europeu Sub-17 (foto - UEFA.com)

Franceses comemoram a Euro 2015 Sub-17 conquistada na Bulgária  (foto – UEFA.com)

Os 3 brasileiros incluídos na relação fazem parte da Seleção Brasileira que disputará o Mundial Sub-17 que será realizado do próximo dia 17 de outubro a 9 de novembro no Chile.

A lista de 2015 é composta pelos seguintes jogadores e seus respectivos clubes:

4 franceses

Bilal Boutobba – Olympique de Marselha

Dayot Upamecano – Red Bull Salzburg

Jeffe Reine-Adelaide – Arsenal

Luca Fernández – Real Madrid

 

3 brasileiros

Evander Ferreira – Vasco da Gama

Lincoln – Grêmio

Matheus Pereira – Corinthians

 

3 espanhóis

José Luís Kuki Salazar – Málaga

José Maria Amo – Sevilla

Dani Olmo – Dínamo Zagreb

 

3 holandeses

Javairo Dilrosun – Manchester City

Justin Bijlow – Feyenoord

Timothy Fosu-Mensah – Manchester United

 

2 alemães

Fabian Benko – Bayern de Munique

Felix Passlack – Borussia Dortmund

 

2 argentinos

Franco López – River Plate

Tomás Conechny – San Lorenzo

 

2 italianos

Manuel Locatelli – Milan

Manuel Licoletti – Crotone

 

2 mexicanos

Pablo López – Pachuca

Ulises Torres – América

 

2 noruegueses

Martin Odegaard – Real Madrid

Rafik Zekhnini – Odd

 

1 australiano

Panos Armenakas – Udinese

 

1 austríaco

Sandi Lovric – Sturm Graz

 

1 belga

Ismail Azzaoui – Wolfsburg

 

1 colombiano

Jesus Marimón – Once Caldas

 

1 croata

Davor Lovren – Dínamo Zagreb

 

1 checo

Dominik Smekall – Inter de Milão

 

1 dinamarquês

Jacob Brunn Larsen – Borussia Dortmund

 

1 filandês

Kaan Kairinen – Inter Turku

 

1 grego

Dimitris Limnios – Atromitos FC

 

1 iraniano

Reza Shekari – Zob Ahan

 

1 israelense

Haviv Ohaion – Maccabi Tel Aviv

 

1 japonês

Ritsu Dohan – Gamba Osaka

 

1 mali

Sidiki Maiga – Real Bamako

 

1 marroquino

Hachim Mastour – Milan

 

1 norte coreano

Han Kwang-son – April 25 Sports Club

 

1 polonês

Krystian Bielik – Arsenal

 

1 português

Pedro Pereira – Sampdoria

 

1 romeno

Ianis Hagi – FC Viitorul

 

1 russo

Artem Galadzhan – Lokomotiv de Moscou

 

1 sérvio

Zehrudin Mehmedovic – Cucaricki

 

1 esloveno

Jan Mlakar – Fiorentina

 

1 sul-africano

Liam Jordan – Bidvest Wits

 

1 sul-coreano

Lee Seung-woo – Barcelona

 

1 sueco

Zackarias Faour – Manchester City

 

1 turco

Ibrahim Demirbag – Galatasaray

 

1 americano

Christian Pulisic – Borussia Dortmund

 

1 uruguaio

Federico Valverde – Real Madrid

 

Atualizado às 17:57h de 07/10/2015.

 

 



  • Luca Fernández, o quarto francês da lista, é nada mais, nada menos, que o filho do Zidane. Mas é goleiro.

  • Luiz Veloso

    Filho de Zidane e jogador do Real Madrid.

MaisRecentes

Neymar quebra recordes e encanta Paris



Continue Lendo

Jornais esportivos espanhóis de luto pelos atentados terroristas na Catalunha



Continue Lendo

Barcelona se revolta com matéria que vincula contratação de Paulinho aos interesses da empresa do presidente Bartomeu.



Continue Lendo