Já são 60 anos da Copa dos Campeões da Europa.



Nesta terça-feira, 60 anos depois de criada a Copa dos Campeões da Europa e disputada pela primeira vez logo após a realização do primeiro congresso da história da UEFA em 1955, na cidade de Viena, tem início a fase de grupos da Champions League 2015/16.

O torneio sofreu sua mais importante modificação na temporada 1992/93 quando a forma de disputa passou a incluir uma fase de competição de grupos. O Barcelona foi o último campeão no formato anterior e o Olympique de Marselha o primeiro desde que o torneio passou a se chamar Champions League. Desde então, jamais um mesmo clube a venceu em duas temporadas consecutivas. Bandeira da UEFA

A principal competição entre clubes no mundo nasceu de uma iniciativa do diário esportivo francês L’Équipe e de seu editor, Gabriel Hanot. Eles, inicialmente, não pretendiam reunir os clubes campeões de cada país, mas aqueles que contavam com maior número de torcedores. Duas reuniões foram realizadas em 2 e 3 de abril de 1955 com a presença de 16 clubes convidados que resolveram aprovar a sugestão de regulamento apresentada pelos representantes do jornal francês.

Ocorre que a UEFA, fundada em 1954, consultou oficialmente a FIFA que decidiu autorizar a realização do torneio desde que ele fosse organizado pela entidade europeia e que os clubes fossem indicados pelas federações de cada país.

A fase de grupos da Champions League 2015/16 será disputada por 32 clubes de hoje até o dia 9 de dezembro. A grande inal da competição está agendada para o dia 28 de maio do ano que vem, no estádio San Siro, em Milão, na Itália. Por um capricho do futebol, nenhum dos dois 2 gigantes milaneses, Milan e Inter, tradicionais protagonistas da Champions League estará presente já que não se classificaram para a disputa desta temporada.

A final do dia 28 de maior será disputada no mítico San Siro (foto - www.sansiro.net)

A final do dia 28 de maio será disputada no mítico San Siro em Milão (foto – www.sansiro.net)

Tudo indica, portanto, que o próximo campeão sairá da La Liga, da Premier League, da Bundesliga ou da Ligue 1.

O Real Madrid é o grande vencedor até aqui com 10 títulos, seguido do Milan com 7 e do Bayern de Munique, Barcelona e Liverpool com 5.

Apenas 2 técnicos conquistaram o torneio em 3 oportunidades: Ian Paisley (Liverpool) e Carlo Ancelotti (Milan e Real Madrid).

Francisco Gento, do Real Madrid, com 6 títulos, é o jogador que mais vezes se sagrou campeão. Enquanto Clarence Seedorf é o jogador que mais títulos alcançou em equipes diferentes: Ajax, Real Madrid e Milan (2).

Gento conquistou 6 Copas pelo Real Madrid (foto - site oficial do RMFC)

Gento conquistou 6 Copas pelo Real Madrid (foto – site oficial do RMFC)

A Espanha (15) é o país cujos clubes mais títulos conquistaram, seguida da Inglaterra (12), Itália (12), Alemanha (7), Holanda (6) e Portugal (4).

Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, com 77 gols, são os maiores artilheiros nestes 60 anos, seguidos de Raúl Gonzalez (71 gols), Ruud Van Nilsterooy (56 gols), Thierry Henry (50 gols) e Alfredo Si Stéfano (49 gols).

Alfredo Si Stéfano (7 gols) e Ferenc Puskas (6) são os maiores artilheiros em finais.

O hino da Champions League, executado na cerimônia de abertura de todas as partidas, na abertura e fechamento das transmissões televisivas é de autoria do compositor inglês Tony Britter, formado pelo Royal College of Music. Ele foi escolhido em 1992 para elaborar uma peça no estilo do compositor alemão George Friedrich Händel. A versão oficial da criação de Britter foi executada pela Royal Philarmonic Orchestra e cantada pelo coral da orquestra Academy of Saint Martin in the Fields, ambas inglesas e sediadas em Londres. A letra do hino inclui elementos das 3 línguas oficiais da UEFA: o inglês, o francês e o alemão.

O troféu da Champions League tem 73,5cm de altura e pesa 7,5kg. Ele é o quinto modelo de troféu da competição e foi criado em 2006 pelo desenhista suíço de jóias Jürg Stadelmann. Segundo Stadelmann “o troféu pode não ser uma obra-prima artística. Mas todos no futebol desejam tê-lo nas mãos”.

A UEFA distribuirá €1.207 bi em premiação pelos 32 clubes participantes a partir da fase de grupos baseada em critérios prévios e outros de mercado.

 

Atualizada às 11:37h de 15/09/2015



MaisRecentes

FIFA preocupada com boicote de países árabes ao Qatar, organizador da Copa de 2022.



Continue Lendo

Real Madrid, o “senhor das finais e do dinheiro” da Champions League



Continue Lendo

O seleto grupo dos tríplices campeões da Europa



Continue Lendo