Já são 60 anos da Copa dos Campeões da Europa.



Nesta terça-feira, 60 anos depois de criada a Copa dos Campeões da Europa e disputada pela primeira vez logo após a realização do primeiro congresso da história da UEFA em 1955, na cidade de Viena, tem início a fase de grupos da Champions League 2015/16.

O torneio sofreu sua mais importante modificação na temporada 1992/93 quando a forma de disputa passou a incluir uma fase de competição de grupos. O Barcelona foi o último campeão no formato anterior e o Olympique de Marselha o primeiro desde que o torneio passou a se chamar Champions League. Desde então, jamais um mesmo clube a venceu em duas temporadas consecutivas. Bandeira da UEFA

A principal competição entre clubes no mundo nasceu de uma iniciativa do diário esportivo francês L’Équipe e de seu editor, Gabriel Hanot. Eles, inicialmente, não pretendiam reunir os clubes campeões de cada país, mas aqueles que contavam com maior número de torcedores. Duas reuniões foram realizadas em 2 e 3 de abril de 1955 com a presença de 16 clubes convidados que resolveram aprovar a sugestão de regulamento apresentada pelos representantes do jornal francês.

Ocorre que a UEFA, fundada em 1954, consultou oficialmente a FIFA que decidiu autorizar a realização do torneio desde que ele fosse organizado pela entidade europeia e que os clubes fossem indicados pelas federações de cada país.

A fase de grupos da Champions League 2015/16 será disputada por 32 clubes de hoje até o dia 9 de dezembro. A grande inal da competição está agendada para o dia 28 de maio do ano que vem, no estádio San Siro, em Milão, na Itália. Por um capricho do futebol, nenhum dos dois 2 gigantes milaneses, Milan e Inter, tradicionais protagonistas da Champions League estará presente já que não se classificaram para a disputa desta temporada.

A final do dia 28 de maior será disputada no mítico San Siro (foto - www.sansiro.net)

A final do dia 28 de maio será disputada no mítico San Siro em Milão (foto – www.sansiro.net)

Tudo indica, portanto, que o próximo campeão sairá da La Liga, da Premier League, da Bundesliga ou da Ligue 1.

O Real Madrid é o grande vencedor até aqui com 10 títulos, seguido do Milan com 7 e do Bayern de Munique, Barcelona e Liverpool com 5.

Apenas 2 técnicos conquistaram o torneio em 3 oportunidades: Ian Paisley (Liverpool) e Carlo Ancelotti (Milan e Real Madrid).

Francisco Gento, do Real Madrid, com 6 títulos, é o jogador que mais vezes se sagrou campeão. Enquanto Clarence Seedorf é o jogador que mais títulos alcançou em equipes diferentes: Ajax, Real Madrid e Milan (2).

Gento conquistou 6 Copas pelo Real Madrid (foto - site oficial do RMFC)

Gento conquistou 6 Copas pelo Real Madrid (foto – site oficial do RMFC)

A Espanha (15) é o país cujos clubes mais títulos conquistaram, seguida da Inglaterra (12), Itália (12), Alemanha (7), Holanda (6) e Portugal (4).

Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, com 77 gols, são os maiores artilheiros nestes 60 anos, seguidos de Raúl Gonzalez (71 gols), Ruud Van Nilsterooy (56 gols), Thierry Henry (50 gols) e Alfredo Si Stéfano (49 gols).

Alfredo Si Stéfano (7 gols) e Ferenc Puskas (6) são os maiores artilheiros em finais.

O hino da Champions League, executado na cerimônia de abertura de todas as partidas, na abertura e fechamento das transmissões televisivas é de autoria do compositor inglês Tony Britter, formado pelo Royal College of Music. Ele foi escolhido em 1992 para elaborar uma peça no estilo do compositor alemão George Friedrich Händel. A versão oficial da criação de Britter foi executada pela Royal Philarmonic Orchestra e cantada pelo coral da orquestra Academy of Saint Martin in the Fields, ambas inglesas e sediadas em Londres. A letra do hino inclui elementos das 3 línguas oficiais da UEFA: o inglês, o francês e o alemão.

O troféu da Champions League tem 73,5cm de altura e pesa 7,5kg. Ele é o quinto modelo de troféu da competição e foi criado em 2006 pelo desenhista suíço de jóias Jürg Stadelmann. Segundo Stadelmann “o troféu pode não ser uma obra-prima artística. Mas todos no futebol desejam tê-lo nas mãos”.

A UEFA distribuirá €1.207 bi em premiação pelos 32 clubes participantes a partir da fase de grupos baseada em critérios prévios e outros de mercado.

 

Atualizada às 11:37h de 15/09/2015



MaisRecentes

Jornais esportivos espanhóis de luto pelos atentados terroristas na Catalunha



Continue Lendo

Barcelona se revolta com matéria que vincula contratação de Paulinho aos interesses da empresa do presidente Bartomeu.



Continue Lendo

Campeonato Italiano com 20 clubes tem sido previsível e elitista ao longo da história



Continue Lendo