Grandes clubes pressionam UEFA por uma nova Champions League



É cada vez mais intensa junto à UEFA a pressão por um novo modelo de disputa da Champions League, a mais importante competição entre clubes do futebol contemporâneo. Basicamente a ideia em maturação caminha na direção da reformatação do torneio na etapa de grupos: ao invés de 8 grupos com 4 clubes seriam apenas 2 grupos de 8 clubes. Para isto, mais uma fase eliminatória anterior à fase de grupos seria criada para enxugar o número de clubes menos competitivos.UEFA Champions League

O sentido geral da mudança é o de garantir para os clubes mais competitivos e de nível de investimento mais elevado a garantia de um número maior de jogos mais atraentes. Em síntese o que se persegue é ter mais jogos entre clubes mais fortes esportiva e economicamente, capazes de atrair mais audiência e público nos estádios. A revisão está na agenda dos dirigentes da UEFA que já se convenceram de que o formato atual não está funcionando do ponto de vista comercial no nível desejado.

Os envolvidos na discussão pretendem que a UEFA anuncie um novo formato antes do início da temporada 2016/17, ainda que ele só venha a ser implementado na temporada 2017/18. Evidentemente a fase de grupos ocuparia um período maior de datas o que exigiria incluir partidas no período de fim de ano, o que não tem acontecido nas últimas temporadas.

A proposta de mudanças no formato da Champions League ainda não deverá contemplar a solução da participação assegurada para clubes de determinados níveis, solução que tem sido proposta pela ECA – Associação Europeia de Clubes – presidida por Karl-Hanz Rummenigge, vice presidente do Bayern de Munique.

Rummenigge é o interlocutor dos clubes (foto - site oficial da ECA)

Rummenigge, presidente da Associação Europeia de Clubes é o interlocutor dos clubes (foto – site oficial da ECA)

 

As cifras exorbitantes do novo contrato de TV da Premier League aprofundaram nos grandes clubes do resto da Europa o desejo de buscar na Champions League contratos de valores compatíveis com seu alcance continental. No entanto, ainda não há ambiente para a proposta de um modelo que admita a existência de participantes natos da competição, que teriam presença automática assegurada por critérios de tradição, popularidade ou força comercial.

A Champions League 201/5/16 está na fase de quartas de final e tem a final marcada para o dia 28 de maio no estádio San Siro em Milão.

 



MaisRecentes

Jornais esportivos espanhóis de luto pelos atentados terroristas na Catalunha



Continue Lendo

Barcelona se revolta com matéria que vincula contratação de Paulinho aos interesses da empresa do presidente Bartomeu.



Continue Lendo

Campeonato Italiano com 20 clubes tem sido previsível e elitista ao longo da história



Continue Lendo