França e Alemanha se impõem e estão nas quartas da EURO



A França e a Alemanha asseguraram, como esperado, presença nas quartas de final da EURO 2016. A França pegará, em Nice, no próximo domingo, o vencedor de Inglaterra e Islândia e a Alemanha jogará, no próximo sábado, em Paris, com quem sair do confronto entre Itália e a Espanha.

França saiu atrás, mas se impôs no segundo tempo

A partida entre França 2 x 1 Irlanda teve dois tempos bastante distintos. O pênalti cometido por um afobado Paul Pogba, logo aos 2 minutos do primeiro tempo, bem cobrado por Brady, deu ares dramáticos prematuros ao jogo.

A equipe anfitriã da competição logo buscou a reação, mas sem sucesso. O meio campo se mostrava travado. A transição da equipe era lenta e sem imaginação. N’Golo Kanté e Blaise Matuidi não se soltavam. Dimitri Payet aparecia menos que nas partidas anteriores.

Payet se rende aos gols de Griezmann (foto - Twitter)

Payet se rende aos gols de Griezmann (foto – Reprodução Twitter)

Didier Deschamps mexeu na equipe no intervalo. Trocou Kanté, que recebera cartão amarelo, por Coman, transformou Pogba em volante e adiantou Matuidi pela esquerda. O time foi se encontrando, Pogba fez a transição fluir e a pressão francesa se transformou em irresistível.

Antoine Griezmann cumpriu seu papel de maneira impecável e fatal. De cabeça, empatou aos 13 minutos do segundo tempo e aos 16 minutos fez o gol da vitória.

A Irlanda mostrou coração, ainda buscou o empate, mas se fragilizou com a expulsão de Shane Duffy aos 21 minutos do segundo tempo.

A França, assim como na estreia, provou que vai buscar a vitória custe o que custar nesta EURO. Mas vai precisar ser mais sólida e contar com Pogba e Matuidi como no segundo tempo contra a Irlanda para ir mais longe.

A Alemanha foi absoluta contra a Irlanda

A Alemanha dominou 100% da partida contra a Eslováquia e alcançou incontestáveis 3 a 0. Joachim Löw parece ter estudado o adversário que bateu sua equipe recentemente por 3 a 1 num amistoso.

O gol de Jérôme Boateng logo aos 11 minutos, num chute de fora da área, foi um golpe súbito numa Eslováquia que só apresentou algum risco ao time alemão através de Hamsik.

O campeão do mundo Boateng abriu o placar ( foto - twitter)

O campeão do mundo Boateng abriu o placar ( foto – Reprodução  Twitter)

Julian Draxler brilhou e foi decisivo. No segundo gol fez jogada de linha de fundo e passou para Mario Gomez marcar aos 43 minutos. No terceiro, concluiu com precisão através de um voleio de dentro da grande área aos 18 minutos do segundo tempo e definiu o placar. Merecidamente foi eleito o melhor jogador em campo pelos internautas através do site da UEFA.

Boateng e Sami Khedira foram ovacionados ao serem substituídos. Jogaram muito.

A Alemanha ainda está longe da melhor forma, mas segue em frente como se acostumou em partidas oficiais: vencendo.



MaisRecentes

O Fórum Mundial de ligas nacionais de futebol é contra a expansão da Copa do Mundo



Continue Lendo

Argentinos tem vantagem sobre brasileiros em finais da Libertadores



Continue Lendo

La Liga conta com Amazon e Facebook para negociar TV por € 2.3 bilhões



Continue Lendo