FIFA ratifica que Real Madrid e Atlético de Madrid não podem contratar até 2018



Atualizado às 15:19 h de 08/09/2016

 

A FIFA confirmou que Real Madrid e Atlético de Madrid não poderão contratar jogadores nas duas próximas janelas de mercado (2017 e 2018) por terem desrespeitado o regulamento de contratação de jogares com idade inferior a 18 anos. A entidade, através do Comitê de Apelação, presidido pelo americano Larry Mussenden,  portanto não aceitou os recursos apresentados pelos 2 clubes à punição adotada em 14 de janeiro deste ano. O Atlético de Madrid também foi multado pelo Comitê Disciplinar em € 822 mil e o Real Madrid em € 328 mil.FIFA

A mesma medida já havia sido aplicada ao Barcelona em 2015.

Real e Atlético ainda podem recorrer ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) no prazo de 5 dias no sentido de obterem uma cautelar que postergue a aplicação das punições o que os permitiria agir pelo menos na próxima janela de mercado. Até hoje o TAS jamais reviu uma decisão da FIFA que trate de contratação irregular de menores por clubes de futebol.

Caso a punição seja mantida Real e Atlético só poderão utilizar os jogadores que estão emprestados por eles a outros clubes. O Real Madrid, por exemplo, poderá recorrer aos seguintes atletas: Marcos Llorente (Alavés), Borja Mayoral (Wolfsburg), Jesús Valejo (Eintracht Frankfurt), Diergo Llorente (Málaga), Jorge Burgui (Sporting Gijón) e Raúl De Tomás (Valladolid).

O clube presidido por Florentino Perez reagiu ao anúncio da FIFA com uma nota oficial em que classifica a “profundamente injusta e contrária aos mais elementares princípios do direito”. O Real Madrid anuncia que apresentará um recurso de apelação junto ao TAS para que a punição seja integralmente revogada e que solicitará que sua apelação seja transmitida em regime de urgência para que ele possa o TAS decida o mais breve possível.

O Atlético de Madrid também decidiu que recorrerá ao TAS contra a punição através da ação de “uma equipe de especialistas internacionais”. No caso do insucesso do apelo o clube poderá providenciar a volta de alguns destes jogadores que se encontram emprestados: Matias Kranevitter (Sevilla), Luciano Vietto (Sevilla), Rafael Santos Borré (Villareal), Diogo Jota (Porto), Javier Manquillo (Sunderland), Emiliano Velázquez (Sporting de Braga, Theo Hernández (Alavés), Axel Werner (Boca Jrs), Bernard Mensah (Vitória de Guimarães) e Héctor Hernández (Albacete).

A informação sobre a confirmação da punição aos 2 maiores clubes da capital espanhola se tornou a manchete principal de toda a mídia espanhola, mesmo a não especializada em esportes.

 

 

 



MaisRecentes

Presidente do Bayern detona valores especulados numa eventual transferência de Neymar.



Continue Lendo

Os extravagantes valores de uma eventual transferência de Neymar do Barça para o PSG



Continue Lendo

United x City jogarão pela primeira vez o “derby” de Manchester fora do Reino Unido.



Continue Lendo