Felipão sobre a semifinal contra o Barça no Mundial de Clubes: “uma vitória não é impossível”



Quem madrugou neste domingo para ver a estreia do time de Felipão no Mundial de Clubes da FIFA – Guangzhou Evergrande –  que está sendo disputado no Japão não se decepcionou. Foi um jogo disputado e emocionante contra o Club América, o mais poderoso clube mexicano, realizado no Osaka Nagai Stadium.

A vitória de virada da equipe chinesa por 2 a 1 foi definida no último minuto, no gol de cabeça do excelente meia brasileiro Paulinho, que se emocionou com o tento decisivo. O ex-jogador do Corinthians foi eleito pela FIFA o melhor jogador em campo.

Paulinho celebra seu gol decisivo contra o América (foto - reprodução Lance!)

Paulinho celebra seu gol decisivo contra o América (foto – reprodução Lance!)

A conquista recente da Copa Asiática de clubes indicava uma equipe chinesa menos primária e ingênua do aquelas que nos acostumamos a ver. E, assim foi. Mais interessante ainda se considerarmos que, entre os 11 que iniciaram a partida, 7 eram chineses, inclusive toda a defesa, incluindo o goleiro, e 4 brasileiros: Paulinho, Ricardo Goulart, Robinho e Ekelson, que praticamente formam o ataque da equipe. Robinho foi substituído no intervalo e Ekelson, aos 34 do segundo tempo, por jogadores chineses.

O ataque mexicano formado por Quintero, Benedetto e Peralta não foi efetivo o suficiente para garantir o triunfo.

O depoimento de Felipão ao site da FIFA após a vitória sugere um homem confiante em seu elenco e disposto a resgatar seu passado de técnico campeão, tão menosprezado após a fracassada performance na Copa de 2014: “O futebol é um jogo de 90 minutos e nós realmente desejávamos chegar à semifinal, então eu fiz algumas substituições de alto risco. Neste jogo elas funcionaram, assim como em outra noite poderiam não ter dado resultado. Mas eu conheço nosso time, eu sei o que meus jogadores são capazes de fazer. O América é um grande time, com uma história fantástica. Mas nós corremos atrás, vencemos e vamos continuar sonhando alto para o próximo jogo contra o Barcelona. A vitória não é impossível”.

Felipão sonha grande depois da vitória na estreia (foto - fifa.com)

Felipão sonha grande depois da vitória na estreia (foto – fifa.com)

O Guangzhou Evergrande enfrentará o Barcelona na próxima quinta-feira. A outra semifinal será disputada pelo River Plate e o japonês Sanfrecce Hiroshima que venceu categoricamente o congolês TP Mazembe, campeão africano, por 3 a 0.

O Barcelona de MSN partiu esta manhã para o Japão num vôo com duração prevista de 13 horas. Neymar não deverá participar da semifinal contra o Guangzhou Evergrande.

Dani e Neymar no avião a caminho do Japão (foto - Instagram)

Dani Alves e Neymar no avião a caminho do Japão (foto – Instagram)

 



MaisRecentes

A Alemanha renasce na Copa numa jornada dramática para Löw e Kroos



Continue Lendo

A Argentina de Messi sucumbe diante da Croácia de Modric



Continue Lendo

As frustrantes estreias de Alemanha e Brasil



Continue Lendo