Ex-mentor de Abramovich no Chelsea é contratado pelo Monaco



Atualizado às 17:57h de 27/11/2017

 

O nigeriano Michel Emenalo, 52 anos, um dos principais assessores e mentores do magnata russo Roman Abramovich quando diretor do Chelsea entre 2007 -17, foi anunciado nesta segunda-feira como diretor esportivo do Monaco. Ele deixou o clube londrino no início deste mês.

Desta forma Emenalo trabalhará noutro clube de propriedade de um magnata russo. Dmitri Rbolovlev, segundo a revista Forbes, está entre os 200 homens mais ricos do mundo com um fortuna calculada em $ 7.3 bilhões. Ele adquiriu o Monaco em 2011.

Emenalo foi apresentado oficialmente pelo vice-presidente do clube, Vadim Vasilyev, através do site oficial do clube, como um dos responsáveis pelo sucesso recente do Chelsea e pelas contratações de sucesso de Eden Hazard, N’Golo Kanté e Thibaut Courtois dentre outros e pela qualidade do trabalho nas divisões de base do clube londrino. O Chelsea foi campeão da UEFA Youth League (Sub-19) em 2014/15 e 2015/16.

Michael Emenalo e Vadim Vasilyev celebram o acordo (foto: asmonaco.com)

Segundo Emenalo “esta é uma oportunidade maravilhosa para trabalhar num projeto de alta qualidade. O Monaco mostrou grandes progressos nas últimas temporadas e estou convencido de que o futuro será tão ambicioso. O desejo de Vadim Vasilyev de me ter no Monaco foi decisivo. Minha ideia inicial era dar um tempo depois de trabalhar 10 anos consecutivos no Chelsea, eu não sabia exatamente o que fazer. Mas quando Vadim Vasilyev me procurou me senti a pensar sobre uma proposta tão interessante. No fim, não levei muito tempo para me decidir”.

A estrutura do clube influiu na decisão de Emenalo: “as divisões inferiores estão muito bem estruturadas e funcionam como a base e a alma deste clube. Os jogadores que saem da Academia possuem o caráter e as qualidades próprias deste clube. E isto representa o DNA do clube. O que eu posso garantir é que haverá muito trabalho”.

Emenalo tabém ressaltou a qualidade do trabalho que já vem sendo feito no Monaco: “este clube já provou que sabe conquistar títulos. Eu volto a trabalhar num clube organizado e com algumas pessoas que eu conheço bem. Respeito e tenho exata dimensão do trabalho delas. Venho para ajudar o clube com humildade e para fazer parte de um projeto que eu creio ser notável”.

Vasilyev não escondeu que pensava neste projeto há algum tempo: “sigo o trabalho de Michael Emenalo há muitos anos e estou muito feliz em poder contar com ele agora em Mônaco. Eu trabalhei muito pela sua vinda. O seu know-how na prospecção e no recrutamento, bem como a experiência técnica adquirida em um dos clubes mais bem sucedidos nos últimos anos, são os motivos que nos levaram a apresentar a ele esse desafio ambicioso. Este compromisso é outra demonstração de nossa ambição e nosso desejo de ser um clube o mais competitivo possível”.

O Monaco ocupa a 3ª colocação na 14ª rodada da Ligue 1 na atual temporada.

 



MaisRecentes

FIFA ameaça a Espanha de exclusão da Copa do Mundo da Rússia em 2018



Continue Lendo

Há 70 anos o Real Madrid inaugurava o estádio Santiago Bernabéu



Continue Lendo

Quais foram os 11 melhores jogadores das 5 principais ligas europeias no último semestre?



Continue Lendo