A EURO neste sábado tem Lewa, Bale, Modric, CR7 e “Will Grigg’s on fire” em ação



 

Atualizado às 15:05h de 25/06/2016

A EURO 2016 volta aos gramados da França, neste sábado, com 3 jogos num momento histórico inesquecível e de desdobramentos infinitos a partir da decisão da maioria da população do Reino Unido de deixar a União Europeia. A disputa está quente, equilibrada, já quem nenhum seleção vencer as 3 partidas disputadas.

Suíça x Polônia – 10h (Brasília) –  estádio Geoffroy GuichardSaint-Etienne

Suíça e Polônia jogam em Saint-Étienne com um problema em comum: a falta de gols de seus atacantes. Na Suíça o técnico Vladimir Petkovic se mostrou em dúvida se escala Breel Embolo ou Haris Seferovic no centro do ataque. O empate com a poderosa anfitriã França deve ter elevado o moral da equipe mais internacional da EURO: são 14 filhos de imigrantes.

A dúvida de Petkovic: Seferovic ou Embolo? (foto - uefa.com)

A dúvida de Petkovic: Seferovic ou Embolo? (foto – uefa.com)

Na Polônia, ninguém, muito menos o técnico Adam Nawalka, questiona a titularidade de Robert Lewandowski mesmo que o artilheiro do Bayern de Munique ainda não tenha marcado nas 3 partidas da fase de classificação. Os 2 gols da equipe, até aqui, foram assinalados pelo jovem atacante do Ajax, Arkadiusz Milik, e pelo vigoroso ala direito, Jakub Błaszczykowski, da Fiorentia.

Nas 10 partidas anteriores, eles empataram em 5 oportunidades, a Polônia venceu 4 e a Suíça apenas 1. Confronto equilibrado, com leve favoritismo da Polônia.

 

País de Gales x Irlanda do Norte – 15h (Brasília) – estádio Parc des Princes – Paris

Embate entre 2 seleções que estarão celebrando a epopeia de terem avançado na competição. Nos 112 duelos travados ao longo da história Gales tem 54 vitórias contra 31 da Irlanda.

O grande personagem do confronto, evidentemente, é o galês do Real Madrid, Gareth Bale, atual artilheiro da EURO . A empolgação com que tem jogado a EURO tem contagiado seus companheiros e empolgado os amantes do futebol. O próprio capitão norte irlandês Ashley Williams reconhece sua importância: “basta ver a participação que ele tem tido tanto nos gols que marcou quanto nas assistências para constatar sua importância para a equipe. Ele é obviamente um jogador especial, mas ninguém terá a tarefa específica de pará-lo. Será um esforço coletivo”.

Bale já havia marcado contra a Eslováquia em 2006 (foto - uefa.com)

Bale já havia marcado contra a Eslováquia em 2006 (foto – uefa.com)

Uma das atrações da partida estará em Paris, no Parc de Princes, mas do lado de fora do gramado: a simpática e pacífica torcida norte irlandesa que conquistou o mundo com a música “Will Grigg’s on fire”, cantada nos estádios, nos bares, nas ruas, nos trens franceses e que virou a marca universal da EURO 2016. A comemoração tem lógica: esta é a primeira Eurocopa da seleção.

 

 

Croácia x Portugal – 18h (Brasília) – estádio Bollaert-DelelisLens

A Croácia vem de uma surpreendente vitória, de virada e sem Luka Modric e Mario Mandzukic, sobre a Espanha atual vice-campeã da competição. Sua classificação foi algo mais complicada em função da ação estúpida e suicida de alguns hooligangs que agiram deliberadamente no final da partida contra a República Tcheca visando a eliminação de sua própria seleção. Uma vitória que parecia encaminhada se transformou num empate frustrante após a paralisação da partida.

Raktic e Raktick (4) lideraram a vitória croata (foto - uefa.com)

Perisic (4) e Raktick (7)  lideraram a vitória croata (foto – uefa.com)

Portugal se classificou de maneira dramática no empate contra a Hungria numa partida que, pelo menos, marcou a “entrada em cena” de Cristiano Ronaldo na EURO 2016. Seu gol de letra naquela partida certamente estará entre os grandes momentos da torneio ao final.

De um lado a elegância e a inteligência de Luka Modric e Ivan Raktic. De outro a máquina de gols que parece estar se azeitando chamada Cristiano Ronaldo.

O jogo mais atraente deste sábado é também o mais imprevisível, apesar de que nas 3 vezes em que se cruzaram, até hoje, Portugal venceu todas.

Cristiano Ronaldo é recordista com 17 partidas na história da EURO (foto - AFP)

Cristiano Ronaldo é recordista com 17 partidas na história da EURO (foto – AFP)

 



MaisRecentes

Presidente do Bayern detona valores especulados numa eventual transferência de Neymar.



Continue Lendo

Os extravagantes valores de uma eventual transferência de Neymar do Barça para o PSG



Continue Lendo

United x City jogarão pela primeira vez o “derby” de Manchester fora do Reino Unido.



Continue Lendo