Espanhol, amigo de Guardiola, é o novo assistente de Sampaoli na seleção chilena



O espanhol Juan Manuel “Juanma” Lillo, 49 anos,  é o novo principal assistente do técnico da seleção chilena, Jorge Sampaoli. Os dois trabalharão juntos na partida desta noite entre Chile e Brasil pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Lillo, oficialmente, desde setembro, passou a ser o responsável pelas seleções chilenas Sub-15, Sub-17 e Sub-20, mas, na prática, já é o principal conselheiro de Sampaoli. Ele tem experiência de 27 anos no futebol e já trabalhou no Millonários da Colômbia e no Oviedo, Tenerife, Real Sociedad, Zaragoza, Almería e Salamanca na Espanha.

Lillo também desfruta de relacionamento próximo com os argentinos Jorge Valdano e César Luís Menotti. Ele também já foi comentarista de TV na Espanha.

Juan Manuel Lillo é amigo pessoal de Pep Guardiola (foto - conta pessoal do Twitter)

Juan Manuel Lillo é amigo pessoal de Pep Guardiola (foto – conta pessoal do Twitter)

Segundo Sampaoli, “com Lillo nosso time poderá trabalhar melhor o jogo de posse de bola, para competir com mais alternativas e ser protagonista do jogo”. Para Lillo os dois times que melhor desenvolveram a concepção de posse de bola no futebol foram o Ajax de Louis Van Gaal, campeão da Champions League de 1995/96 , e o Barcelona de Pep Guardiola, grande amigo de Lillo e uma das pessoas com quem costuma conversar sobre aspectos táticos do futebol. Martí Perarnau, no livro “Guardiola Confidencial”, inclui Lillo, apesar de ser “um técnico desconhecido na elite competitiva”, na lista das pessoas que influenciam Guardiola em função de “sua lucidez analítica”.

Portanto, podemos esperar, na partida contra o Brasil, uma seleção chilena menos vertical e com maior preocupação de controle da posse da bola, maior ainda do que já apresentada na vitoriosa campanha da Copa América 2015.

 

 



MaisRecentes

Ranieri, uma história sempre surpreendente no Leicester



Continue Lendo

Há 50 anos, o “Bola de Ouro” húngaro Albert vestia a camisa 9 do Flamengo



Continue Lendo

FIFA revoltada com ausência de Messi na festa do “The Best”



Continue Lendo