Descanse em paz, eterno Capita!!



Atualizado às 15:11h de 25/10/2016

 

O futebol mundial perdeu Carlos Alberto. O futebol brasileiro perdeu o eterno Capita do Tri. Eu perdi um ídolo, um herói e um amigo.

O Capita me fez feliz em inúmeras ocasiões:

Nas exibições no Santos FC e na Seleção Brasileira que eu tive o prazer como menino de testemunhar no Maracanã.

Nos tantos episódios que viveu e protagonizou ao longo da carreira de craque extraordinário registrados nas páginas do Jornal dos Sports e cuja leitura contribuiu no aprofundamento da minha paixão pelo futebol.

No título mundial, em 70, e a felicidade que me proporcionou com o ato sublime, inesquecível e definitivo de levantar e beijar a Taça Jules Rimet no estádio Azteca, após a avassaladora goleada por 4 a 1 sobre a Itália. Líder e capitão do melhor time de futebol de todos os tempos, a única seleção que, até hoje, conquistou a Copa do Mundo vencendo todas as partidas de eliminatórias e do próprio Mundial.

capita-copa

 

 

 

No  Flamengo por ter nos honrado em vestir o Manto Sagrado, pelo tri do Brasileiro em 1983 e por nos salvar em 2001 de um rebaixamento que parecia inexorável.

E, finalmente, serei eternamente grato, pelo carinho e gentileza com que sempre me tratou nas tantas vezes em que estivemos juntos mundo afora.

Descanse em paz, eterno Capita!!



MaisRecentes

FIFA preocupada com boicote de países árabes ao Qatar, organizador da Copa de 2022.



Continue Lendo

Real Madrid, o “senhor das finais e do dinheiro” da Champions League



Continue Lendo

O seleto grupo dos tríplices campeões da Europa



Continue Lendo