Chelsea, pragmático, vence o United e se aproxima do título



Se os números frios de uma partida de futebol determinassem inexoravelmente seu placar o Manchester United teria vencido o Chelsea ontem em Stamford Bridge. Mas, neste esporte, a lógica nem sempre prevalece, especialmente quando o domínio de uma partida não se transforma em gols assinalados.

Hazard celebra gol em jogada genial de Oscar (foto - site oficial do Chelsea FC)

Hazard celebra gol em jogada genial de Oscar (foto – site oficial do Chelsea FC)

O time de Louis Van Gaal teve 71% de posse de bola e chutou a gol o dobro de vezes que o pragmatíssimo e eficiente Chelsea de José Mourinho, mas saiu de campo derrotado por 1 a 0. Segundo Van Gaal foi a melhor exibição da equipe sob seu comando na Premier League a ponto dele se revelar “orgulhoso de meus jogadores, e não frustrado. No futebol você pode ser derrotado mesmo tendo sido o melhor time. Nós dominamos a partida e quando você olha as estatísticas é inacreditável que o resultado tenha sido 1 x 0 para eles”.

Louis Van Gaal: "Não estou frustrado e sim orgulhoso de meus jogadores (foto -site oficial do MUFC)

Louis Van Gaal: “Não estou frustrado e sim orgulhoso de meus jogadores. (foto -site oficial do MUFC)

Mourinho parece ter definitivamente adotado a linha do futebol de resultados. E, convenhamos, os atuais 10 pontos de diferença sobre o Arsenal (segundo colocado) e a conquista virtual do título com 32 partidas disputadas não deixam de lhe dar alguma razão. Seu time, ontem, não chegou “a estacionar o ônibus” na frente da meta de Courtois, mas não se incomodou em ser amplamente dominado pelo cada vez mais entrosado United de Van Gaal.

A escalação do vigoroso zagueiro Kurt Zouma como volante ao lado de Nemanja Matic´ foi celebrada sem modéstia por Mourinho como determinante para o resultado: “o jogo se desenvolveu da maneira que queríamos. Nós conseguimos anular os principais jogadores deles. Ninguém os viu. Colocamos eles no bolso. Futebol é talento, mas também é estratégia. Eu amo isto”.

Mourinho: "Futebol é talento, mas é estratégia também (foto - site oficial do Chelsea FC)

Mourinho: “Futebol é talento, mas também é estratégia.  (foto – site oficial do Chelsea FC)

O gol de Hazard fez luzir o talento de um Oscar cada vez mais completo como jogador de futebol. O toque de calcanhar do brasileiro que colocou o belga livre para abrir o placar coroou uma atuação individual extraordinária. Oscar  provou de novo ter amadurecido como um jogador de equipe, comprometido com as responsabilidades definidas pelo seu treinador e capaz de fazer a diferença com um lance genial que desmantelou a organizada (ainda que desfalcada) defesa do United. Sua entrega foi total nos 67 minutos em que esteve em campo.

A derrota de ontem implicou na quebra da série de seis vitórias consecutivas do Manchester United e “coincidiu” com a reutilização de Wayne Rooney como meio campista.

Wayney Rooney voltou a jogar como meio campista (foto - site oficial do Manchester United FC)

Wayney Rooney voltou a jogar como meio campista (foto – site oficial do MUFC)

Como o que faltou ontem foi fazer gol, Van Gaal, a partir de algum momento da partida, deveria ter buscado a fórmula que vinha dando certo na sequência de vitórias com Rooney mais próximo do gol adversário. É lá que ele tem sido decisivo e feito diferença, com a equipe marcando os tentos que não tem sido assinalados com Falcão Garcia naquela posição.

Craque esquecido 

Carlitos Tevez marcou mais um gol na vitória da Juventus sobre a Lazio por 2 a 0. O argentino é disparado o melhor jogador da Série A e tem sido decisivo também na Champions League. Como explicar sua ausência da última Copa do Mundo? Alejandro Sabella deve saber a resposta…

Tevez é craque da temporada na Série A (foto - site oficial da Juventus FC)

Carlitos Tevez é craque da temporada na Série A (foto – site oficial da Juventus FC)



MaisRecentes

Guardiola vence o derby e celebra campanha com vitórias em Stamford Bridge e Old Trafford



Continue Lendo

Lillo, mentor de Guardiola e sucessor de Rueda, deixa o Atlético Nacional de Medellín



Continue Lendo

Florentino Pérez confia em Zidane e decide reforçar o elenco do Real Madrid



Continue Lendo