Brasil arrasa o Senegal e enfrentará a Sérvia na final do Mundial Sub-20



A Seleção Brasileira goleou o Senegal por  5 a 0 e se classificou para a final do Campeonato Mundial Sub-20 da Nova Zelândia que será realizada em Auckland na madrugada do próximo sábado. O adversário será a Sérvia que venceu, na prorrogação, o Mali por 2 a 1. O placar foi de 1 a 1 nos 90 minutos. O gol que deu a classificação à Sérvia foi assinalado por Ivan Saponjic aos 11 minutos da primeira etapa do tempo extra.

O Brasil tentará sua sexta conquista na história da competição. Esta será a nona final do Brasil nas 18 edições do Mundial da categoria que disputou até hoje.

O meia Boschilia marcou um gol e deu passe para outro (foto - site oficial da CBF)

O meia Boschilia marcou um gol e deu passe para outro (foto – site oficial da CBF)

Foi uma atuação impecável da equipe dirigida pelo técnico Rogério Micale, em especial, no primeiro tempo quando praticamente definiu a partida ao marcar 4 gols. A equipe não demonstrou cansaço apesar de ter disputado duas partidas de 120 minutos consecutivas contra Uruguai e Portugal.

A Seleção Brasileira começou a partida de forma arrasadora com uma marcação alta, pressionando a saída de bola do time africano.

O primeiro gol saiu logo aos 4 minutos, com João Pedro em jogada individual pelo lado direito provocando um gol contra do zagueiro senegalês Anda Correa.

O segundo veio logo depois, aos 6, com Marcos Guilherme concluindo um contra ataque perfeito do ataque brasileiro.

O primeiro chute do time senegalês ao gol brasileiro aconteceu aos 15 minutos.

O massacre brasileiro prosseguia e, aos 17, Gabriel chutou na trave.

Aos 19 minutos, Boschilia marcou o terceiro tento aproveitando uma bela jogada individual de Jean Carlos pelo lado esquerdo.

Aos 24 minutos Senegal realizou o seu ataque mais perigoso com um chute no travessão do arqueiro brasileiro Jean.

O lateral esquerdo Jorge assinalou o quarto gol brasileiro, aos 35 minutos, em linda jogada individual na qual driblou dois adversários antes de concluir com categoria de dentro da grande área.

Jorge marcou o quarto gol e foi substituído no intervalo (foto - site oficial da CBF)

Jorge marcou o quarto gol e foi substituído no intervalo (foto – site oficial da CBF)

Aos 44 minutos, Cicé do Senegal recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

O Brasil voltou para o segundo tempo com Caju substituindo o lateral esquerdo Jorge que recebera um cartão amarelo aos 37 minutos do primeiro tempo.

O zagueiro Marlon sentiu a coxa direita e, por precaução, aos 18 minutos, foi substituído por Léo Pereira.

Aos 32 minutos, Marcos Guilherme assinalou o quinto gol brasileiro concluindo da pequena área uma linda jogada coletiva do ataque, com assistência de Boschilia.

João Pedro foi substituído por Rodrigo aos 34 minutos.

 O Senegal teve sua melhor chance no segundo tempo aos 42 minutos quando chegou livre na área brasileira e tocou na saída do goleiro brasileiro para fora.

A Seleção Brasileira venceu a semi final com Jean, João Pedro (Rodrigo), Lucão, Marlon (Léo Pereira) e Jorge (Caju); Danilo (cap), Alef, Marcos Guilherme, Gabriel e Boschilia; Jean Carlos.

Correa (contra), Marcos Guilherme (dois), Boschilia e Jorge marcam os gols do 5 a 0 em cima de Senegal.

Atualizado às 08:24 do dia 17/06/2015.



MaisRecentes

A Alemanha renasce na Copa numa jornada dramática para Löw e Kroos



Continue Lendo

A Argentina de Messi sucumbe diante da Croácia de Modric



Continue Lendo

As frustrantes estreias de Alemanha e Brasil



Continue Lendo