Benítez sai. Zidane é o novo técnico do Real Madrid



O Real Madrid acaba de anunciar a demissão do técnico Rafa Benitez e sua substituição por Zinedine Zidane, 43 anos. A diretoria do clube tomou a decisão no início da tarde desta segunda-feira, com a presença do presidente Florentino Perez.

A decisão foi anunciada às 17:10 pelo presidente do clube e contou com a presença de Zidane, que dirigia a equipe B do clube. Rafa Benítez, depois de 7 meses no cargo, perdeu a confiança de Perez, praticamente seu único avalizador dentro clube desde que foi contratado para substituir Carlo Ancelotti, que havia conquistado a tríplice coroa na temporada 2013/14.

Zidane e Florentino no anúncio de hoje (foto - realmadrid.com)

Zidane e Florentino no anúncio de hoje (foto – realmadrid.com)

Florentino Perez, ao anunciar as mudanças, justificou a opção por Zidane por ser alguém que sabe perfeitamente o que é trabalhar no Real Madrid: “É sem dúvida uma das maiores figuras da história do futebol. Sabe melhor que ninguém o que estar á frente do elenco do Real Madrid. Sabe o quanto é dura a função, conhece os jogadores que, com ele como como assistente, conquistaram a “La Dècima”. Para ti, a palavra impossível não existe”.

Zidane, que estava acompanhado de sua família, revelou estar mais emocionado do que quando foi anunciado como jogador do clube. Zidane declarou que estará amanhã com os jogadores para começar o trabalho e prometeu: “Farei tudo para ganharmos alguma coisa este ano”.

Esta será a décima mudança de treinador que realizada pelo presidente Florentino Perez: Vicente Del Bosque, Carlos Queiroz, José Antonio Camacho, Mariano Garcia Remón, Wanderley Luxemburgo, Juan Ramón Lopez Caro, Manuel Pellegrini, José Mourinho, Carlo Ancelotti e Rafa Benítez.

Zidane chega ao cargo antes do que estava planejado pelo presidente madridista, que declarou no último dia 18 de dezembro: “ele será um grande treinador. E será treinador do Real Madrid. Foi o jogador mais emblemático, no qual investi e mudou a história”. Mas Florentino não pretendia transformar este desejo em realidade tão cedo. Os últimos resultados e a insatisfação da torcida foram determinantes para a antecipação da mudança.

Segundo o diário “El País”, o presidente Florentino Perez, preocupado com a situação de Benítez, usou alguns amigos para sondar José Mourinho assim que este foi demitido pelo Chelsea. O técnico português se mostrou cético quanto às chances de sucesso num retorno nas atuais circunstâncias, inclusive por ter conhecimento de que seu nome tem a resistência de jogadores importantes do elenco como Pepe, Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos, Carvajal, Marcelo e Benzema. Ainda segundo o “EL País” Victor Fernandez, técnico dos juniores do clube, e Zidane eram as outras alternativas que Perez estudou nos últimos dias.

A manchete do site do diário “El País” sintetiza as circunstâncias que antecedem a chegada de Zidane ao cargo de técnico do clube mais rico do mundo: “Zidane, uma legenda sem experiência como treinador”.

Zidane nasceu em Marselha, no dia 23 de julho de 1972, filho de um casal de argelinos. Ele atuou como jogador profissional pelo Cannes, Bordeaux, Juventus e Real Madrid, onde conquistou a Champions League (2001/02) e o Mundial de Clubes (2002) . Pela seleção francesa ele foi campeão da Eurocopa de 2000, da Copa do Mundo de 1998 e vice campeão da Copa do Mundo de 2006. Ele foi assistente técnico de Carlo Alncelotti em 2013 e foi indicado técnico do Castilla (Real Madrid B) em junho de 2014.Zidane jogador

A grande questão discutida pela mídia espanhola nas últimas horas é uma só: “Zidane está preparado para assumir agora o Real Madrid?”

O Real Madrid, com 37 pontos, está na 3ª colocação na La Liga, a 4 pontos do líder Atlético de Madrid e a 2 do Barcelona segundo colocado. Na Champions League 2015/16, enfrentará a Roma no primeira fase dos play offs.

Curiosamente, mais de meia horas depois da cerimônia de apresentação do novo técnico do clube, o site oficial do Real Madrid ignorava inteiramente o fato.

 

Atualizado às 18:46 h de 04/01/2015



MaisRecentes

Juve e Leicester faturaram mais do que o campeão Real Madrid na Champions 2016/17 devido ao “market pool”.



Continue Lendo

Raios X dos 100 gols de Messi pelo Barça em competições europeias



Continue Lendo

Barça exibe bandeira pelo diálogo na Catalunha mas impede a distribuição de cartazes no Camp Nou



Continue Lendo