Bayern, tricampeão da Bundesliga, enfrenta o Dortmund pela Copa da Alemanha



A semifinal da Copa da Alemanha, de hoje, contra o Borússia Dortmund, na Allianz Arena, ganhou relevância ainda maior para o Bayern de Munique depois da conquista antecipada do título de tricampeão da Bundesliga no último domingo. Será mais um passo na direção na direção da tríplice coroa tão almejada por Pep Guardiola, alcançada pelo clube bávaro na temporada 2012/13 quando era dirigido pelo campeoníssimo – agora aposentado – Jupp Heinckes. O Bayern venceu 31 das últimas 32 partidas pela Copa disputadas na Allianz Arena. A partida será transmitida ao vivo para mais de 200 países.

Pep Guardiola indica o caminho certo para chegar à tríplice coroa (foto - site oficial do BMFC)

Pep Guardiola indica o caminho certo para chegar à tríplice coroa (foto – site oficial do FCBM)

Guardiola sabe que a ânsia desmedida de ganhar todas as competições pode comprometer a lucidez na hora de decidir como compatibilizar a busca pela conquista múltipla dos títulos com a superação de cada uma das etapas até o objetivo final. A definição da equipe a cada jogo terá que ser ainda mais criteriosa, ponderando as condições de cada jogador em função do calendário de partidas decisivas programadas até o final da temporada, como a primeira semifinal da Champions League contra o Barcelona no próximo dia 6 de maio.

A primeira providência de Guardiola tendo em vista a partida de hoje foi dosar o entusiasmo nas comemorações do título da Bundesliga, inclusive o das arquibancadas: “este jogo contra o Dortmund é uma final e estamos focados nele. Nós precisamos da nossa Allianz Arena. Nós contamos com nossos torcedores. Não conseguiremos passar sem eles! O time do Dortmund é sempre muito agressivo, como todo time de Jürgen Klopp. Ele é um cara excepcional. Nossas partidas são sempre muito intensas”.

Jürgen Klopp dirigirá o Dortmund pela última vez contra o Bayern ( foto - site oficial do BVB)

Jürgen Klopp dirigirá o Dortmund pela última vez contra o Bayern ( foto – site oficial do BVB)

Guardiola sabe que o fato deste jogo ser o último em que o Dortmund enfrentará o Bayern sob o comando de Klopp deverá motivar ainda mais a equipe adversária. Para ele o último confronto entre as duas equipes três semanas atrás deve servir de alerta: “foi uma vitória muito importante, num momento delicado da nossa campanha em função do número de contundidos, mas foi uma das nossas piores atuações. Ganhamos por que Thomas Müller e Robert Lewandowiski tiveram uma atuação perfeita. Temos que jogar melhor desta vez.”

Depois de enfrentar um quadro de aflitiva carência de jogadores para colocar em campo nos últimos meses devido ao incomum número de lesionados Guardiola começa a desfrutar de um quadro mais normal. Arjen Robben superou o problema muscular no abdome, está reintegrado aos treinamentos do elenco e tem chance de voltar a equipe nesta semifinal. Ele tem sido particularmente implacável contra o Dortmund tendo assinalado 9 gols em 14 confrontos entre as duas equipes.

Arjen Robben está de volta ao elenco e pode jogar hoje (foto - site oficial do BMFC)

O craque Arjen Robben está de volta ao elenco bávaro e pode jogar hoje (foto – site oficial do FCBM)

Guardiola tem noção do significado do retorno do craque holandês: “nós precisamos demais de Arjen. Nós não temos outro jogador que faça as jogadas individuais como ele, que saiba superar a marcação individual nos duelos 1-1. Ele não é um jogador para ficar no banco de reservas. Se estiver bem, começa jogando. Mas não podemos nos esquecer de que ele ficou cinco semanas afastado por contusão.”

O volante multifuncional espanhol Javi Martinez é outro que eleva o número de opções para o técnico do Bayern. Ele deve estar apto para jogar alguns minutos hoje. Bastian Schweinsteiger que se contundira exatamente contra o Dortmund, em 4 de abril, já retornou ao time e vem evoluindo. Já a recuperação de Thiago Alcântara não apenas acrescenta mais talento e versatilidade ao meio campo como renova o entusiasmo e reforça a confiança de Guardiola – principal responsável por sua contratação junto ao Barcelona – neste momento decisivo da temporada. Frank Ribèry, Alaba e Benatia seguem sem condições de jogo

O técnico espanhol do Bayern viveu uma pressão inédita em sua carreira de técnico nos dias que antecederam a partida de volta das quartas de final da Champions League contra o Porto. Ainda assim foi capaz de montar sua equipe técnica e taticamente e motivar seus jogadores no nível necessário para passar por cima da equipe portuguesa e garantir a vaga nas semifinais. Guardiola está a apenas um mês de completar a obra perfeita a que se propôs na temporada: conquistar a Bundesliga, a Copa da Alemanha e a Champions League. Competitivo e perfeccionista do jeito que ele é, Guardiola dará sua vida para chegar lá!



MaisRecentes

Jornais esportivos espanhóis de luto pelos atentados terroristas na Catalunha



Continue Lendo

Barcelona se revolta com matéria que vincula contratação de Paulinho aos interesses da empresa do presidente Bartomeu.



Continue Lendo

Campeonato Italiano com 20 clubes tem sido previsível e elitista ao longo da história



Continue Lendo