Bayern de Munique anuncia novo recorde nas receitas e reafirma ambição de conquistar a Champions League



O FC Bayern de Munique AG anunciou neste final de semana, através de seu site oficial, que as receitas da temporada 2016/17 atingiram  € 640.458 milhões marcando um novo recorde financeiro para o clube. Os lucros antes dos impostos aumentaram 22,2 por cento chegando a € 66,2 milhões. Os lucros pós-impostos atingiram € 39,19 milhões, o que representa um aumento de 18,6% em relação aos da temporada passada.

O recordista europeu em receitas na temporada 2016/17 foi o Barcelona com faturamento de € 708 milhões de euros. Em seguida aparecem o Real Madrid com € 674 milhões e o Manchester United com € 659 milhões de euros.

Para Jan-Christian Dreesen, diretor financeiro da empresa FC Bayern de Munique AG, os resultados poderiam ter sido ainda mais positivos: “O nosso fracasso em não avançarmos além das quartas-de-final da Champions League contra o Real Madrid e também não chegarmos à final da Copa da Alemanha nos tirou cerca de € 25 milhões de receita. Mesmo assim ainda fomos capazes de dar lucro e continuar a ser um dos clubes mais fortes da Europa financeiramente. Mais importante até do que o aumento das receitas é que nossa margem de lucro aumentou. Registramos melhorias de dois dígitos em todos os indicadores importantes. Os fluxos de receita permanecem consistentes o que nos deixa confiantes para seguir em frente sem depender de ninguém”.

Rummenigge e Beckenbauer (foto- site oficial do FCB)

Rummenigge e Beckenbauer (foto – www.fcbayern.com)

Karl-Heinz Rummenigge, presidente do FC Bayern de Munique AG, encara os resultados financeiros anunciados como “um bom exemplo de políticas financeiras legítimas e sólidas”. Rummenigge tem liderado o FC Bayern de Munique AG (empresa que administra o futebol do clube) desde a sua fundação há 15 anos. “Nossa receita inicial era de € 162,7 milhões, agora quadruplicou e o número de sócios triplicou. Neste momento temos 290 mil associados”. Os sócios pagam taxas anuais que variam entre € 20 e € 60.

Para Rummenigge o clube tomou uma decisão estratégica no passado que se reflete agora: “nossa decisão, apesar das preocupações de alguns, de transformar o departamento de futebol numa empresa de capital aberto, em 2002, não foi apenas um passo importante na construção do estádio, mas também pioneira”. A composição acionária atual da empresa tem o clube FC Bayern com 75%, a Adidas AG com 8,33%, a Audi AG com 8,33% e a Allianz SE com 8,33%. A Allianz Arena foi inaugurada em 2005 com capacidade para 70 mil pessoas.Bayern 2015

Apesar das transferências de jogadores de futebol se situarem agora na casa de centenas de milhões de euros, Rummenigge reafirma as ambiciosas aspirações esportivas do clube: “Queremos ser campeões alemães e também queremos competir pelo título da Champions League. Para a atual temporada, o FC Bayern investiu 100 milhões de euros em novos jogadores, o que é muito dinheiro do nosso ponto de vista. Nossas estratégia e filosofia são claras e vamos continuar a implementá-las”.

Rummenigge acrescenta que o novo centro de desenvolvimento para as divisões de base “irá atrair jovens talentos, mas seguiremos no mercado na busca de jogadores que nos reforcem”.

O presidente do FC Bayern de Munique (clube de futebol) é Uli Hoeness e o presidente honorário é Franz Beckenbauer. O clube é 27 vezes campeão da Bundesliga, 18 vezes campeão da Copa da Alemanha, 7 vezes campeão da Supercopa da Alemanha, 5 vezes campeão da Champions League, 1 vez campeão da Copa da UEFA, 1 vez campeão da Supercopa da UEFA, 2 vezes campeão da Copa Intercontinental e 1 vez campeão do Mundial de Clubes da FIFA



MaisRecentes

FIFA ameaça a Espanha de exclusão da Copa do Mundo da Rússia em 2018



Continue Lendo

Há 70 anos o Real Madrid inaugurava o estádio Santiago Bernabéu



Continue Lendo

Quais foram os 11 melhores jogadores das 5 principais ligas europeias no último semestre?



Continue Lendo