Barcelona: o Supercampeão europeu de futebol!



O Barcelona é novo campeão da Supercopa da Europa depois de vencer um heróico Sevilla por 5 a 4 na final histórica realizada em Tbilise na Geórgia. É o primeiro título da temporada do extraordinário elenco do gigante espanhol liderado por Lionel Messi que agora, com 5 conquistas, divide com o Milan a condição de maior vencedor da história desta disputa.

O andamento do placar é o melhor indicativo de que esta final merece entrar para a história das competições organizadas pela UEFA. Uma goleada que parecia inexorável quando o Barcelona chegou aos 4 a 1 aos 7 minutos do segundo tempo e se transformou num empate estonteante obtido pelo Sevilla a dez minutos do final do tempo normal.

A foto fala por si só. (foto - site oficial do FC Barcelona)

A foto fala por si só. (foto – site oficial do FC Barcelona)

O período suplementar, apesar de amplamente dominado pela equipe campeã da última Champions League, também poderia ter terminado em igualdade no marcador em função da coragem obstinada da equipe campeã da última Europa League que lutou até o apito final do árbitro.

O personagem mais marcante de uma jornada com tantos destaques individuais acabou sendo o atacante barcelonista Pedro, que começou a partida no banco de reservas, aparentemente, por decisão do técnico Luís Enrique em função de sua declarada vontade de se transferir nos próximos dias para o Manchester United. O próprio diretor técnico do Barcelona, Robert Fernández, admitiu antes do início da final: “Pedro me contou que quer sair”. Pedro assinalou o gol da vitória a cinco minutos do fim da prorrogação. E, a partir disto, se declarou interessado em permanecer no clube. Evidenciando ainda mais a indefinição do futuro do atacante, Luis Henrique e o presidente Josep Bartomeu também se contradisseram, após o jogo, sobre os motivos da ausência do jogador na escalação inicial da final. Estamos diante de uma novela que promete se estender por alguns dias.

O Barcelona de Luis Enrique se transformou numa máquina de glórias, personificada em Dani Alves, recordista em títulos da Supercopa ao lado de Paolo Maldini. Ambos levantaram o troféu em 4 oportunidades.

Desde 1955, o clube catalão já conquistou 5 Champions League, 5 Copas da Europa, 4 Recopas da Europa, 3 Copas das Feiras e 2 Mundial de clubes. Com estas 19 conquistas o Barcelona supera Real Madrid, Milan e Boca Juniors e se transforma no clube mais vencedor do futebol internacional.  E é o primeiro clube europeu a ser tríplice campeão em duas temporadas: 2008/09 e 2014/15.

Barcelona, mais que um clube.




  • clayton

    PENSEI QUE O MAIOR VENCEDOR SERIA O CURINTIAS KKKKKK

MaisRecentes

Roma contrata Monchi, o “Rei Midas” do futebol europeu



Continue Lendo

Até a mídia de Madri se rendeu a Lionel Messi



Continue Lendo

Florentino Perez sonhou com Adriano Galliani no Real Madrid



Continue Lendo