Barça não deve pagar o bônus ao Santos tão cedo



O Barcelona ainda não depositou os €2 milhões a que o Santos FC tem direito pela indicação de Neymar ao prêmio da Bola de Ouro da FIFA de 2015 como está estabelecido numa das cláusulas do contrato celebrado entre os clubes na transferência do jogador em maio de 2013. Na verdade, provavelmente, o Barcelona, no curto prazo, não depositará um único euro na conta santista.

O sucesso de Neymar no Barça só começou (foto fcbarcelona.com)

O sucesso de Neymar no Barça e na Europa só começou (foto – fcbarcelona.com)

A postura do clube espanhol é simples: o Santos FC formalizou uma denúncia junto à FIFA reclamando uma indenização por violações que o contrato de transferência teria sofrido. Assim, o clube catalão só pretende pagar o estabelecido no contrato a partir da solução do problema criado pelo Santos na FIFA.

A postura do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, será não mover uma única palha para cumprir aquilo que reza o contrato que o Santos, de alguma maneira, denunciou. Até lá, o clube brasileiro não deverá ver a cor do dinheiro espanhol gerado pela extraordinária performance de Neymar no Barcelona e que o credenciou a disputar o mais cobiçado prêmio individual para um jogador profissional no futebol internacional.

Enquanto isto Neymar e Barcelona, tríplices campeões da temporada 2014/15, avançam nas negociações para a celebração de um novo contrato com duração até 2020.

Ao mesmo tempo a empresa Doyen Sports anunciou nesta sexta-feira a extensão da parceria comercial com Neymar para desenvolver sua marca e sua imagem. Segundo a empresa o “acordo é de longo prazo e de alcance global”, reforçando “a cooperação com a NR Sports – empresa que administra os direitos de imagem do jogador e que é gerida por seu pai – através de uma aliança estratégica que levará as duas empresas a cooperar em outros assuntos, sobretudo na representação e gestão da carreira de outros desportistas”.

Já o presidente Bartomeu sonha elevar o faturamento anual atual de €600 milhões para algo como €1 bilhão até o final de seu atual mandato em 2021, como declarou na edição desta sexta-feira do jornal inglês Financial Times.

Neymar está em lua de mel com o Barcelona e sua gente.

 

 

 

 

 



MaisRecentes

FIFA preocupada com boicote de países árabes ao Qatar, organizador da Copa de 2022.



Continue Lendo

Real Madrid, o “senhor das finais e do dinheiro” da Champions League



Continue Lendo

O seleto grupo dos tríplices campeões da Europa



Continue Lendo