Barça exibe bandeira pelo diálogo na Catalunha mas impede a distribuição de cartazes no Camp Nou



O Barcelona afinal exibiu a imensa bandeira com a mensagem “Diálogo, Respeito e Desporto” momentos antes da sua vitória de 3 a 1 sobre o Olympiakos esta noite no Camp Nou. Mas o resto da programação prevista não aconteceu como planejou o presidente Josep Maria Bartomeu que, em manifestação recente, propôs “um processo de diálogo e de negociações na busca de soluções para a situação política atual na Catalunha, respeitando a vontade da maioria dos cidadãos catalães de decidir o seu futuro”. No momento em que a bandeira foi aberta os torcedores presentes gritaram “Liberdade! Liberdade! Liberdade!”.Barcelona

Frustrados por terem sido impedidos pelo clube a distribuir cartazes com a inscrição da palavra “Freedom” (Liberdade em inglês) e a fotografia dos 2 dirigentes que se encontram presos, os representantes da ANC – Assembleia Nacional Catalã – da Omnium Cultural e da Plataforma Pelas Eleições Catalães se negaram a assistir à partida da tribuna de honra do Camp Nou. A direção do Barcelona justificou a medida por temer que uma manifestação política mais contundente pudesse gerar algum tipo de punição por parte da UEFA.

Os dirigentes das entidades descontentes acabaram organizando um ato em La Masia que contou com a participação de muitos funcionários do clube. O ex-presidente do Barcelona Juan Laporta se manifestou através do twitter. Ele escreveu que “este Barça não tem alma, nem a mínima sensibilidade em relação aos catalães presos por causa das suas ideias políticas”.

 



MaisRecentes

La Liga conta com Amazon e Facebook para negociar TV por € 2.3 bilhões



Continue Lendo

Apesar da campanha decepcionante, Milan não deverá contratar na janela de inverno.



Continue Lendo

Bilionário israelense adquire 15% do Atlético de Madrid



Continue Lendo