Atentados com mortos em Bruxelas. Amistoso Bélgica x Portugal é cancelado



Atualizado às 11:35 h de 23/03/2015

 

A cidade de Bruxelas, na Bélgica, foi vítima de 2 atentados na manhã desta terça-feira. O aeroporto internacional de Zaventem foi alvo de 2 explosões de bombas por volta da 8 h (hora de Bruxelas) desta manhã. Outra explosão aconteceu na estação de metrô Maelbeek, às 9:11 h (hora de Bruxelas) perto de prédios que funcionam como instalações da União Europeia. O metrô da cidade está com os serviços suspensos desde então. O ataque ao aeroporto foi um ato suicida, segundo a polícia belga. Segundo a polícia belga reconhece oficialmente são 31 mortos (10 no aeroporto e 121 no metrô) e 106 feridos na soma dos 2 atentados.

As explosões ocorrem 3 dias após a detenção na capital belga do jihadista  Salah Abdeslam, acusado de estar envolvido nos atentados terroristas ocorridos em novembro em Paris que provocaram a morte de 130 pessoas. Segundo a agência de notícias Reuters informa que o ISIS ( Estado Islâmico) reivindica a autoria dos atentados desta manhã, baseada em informação da agência Amaq, ligada ao grupo político. No comunicado a Bélgica é tratado como “um país que participa da coalizão contra o Estado Islâmico”.

Foto do interior do aeroporto após as explosões (foto - Jef Versele/Facebook)

Foto do interior do aeroporto após as explosões (foto – Jef Versele/Facebook)

A polícia belga reconhece um mínimo de 11 mortos e dezenas de feridos depois da explosão de 2 bombas no hall de embarque internacional próximas do balcão da companhia American Arlines e outras 11 vítimas fatais na explosão na estação de metrô. O aeroporto foi fechado e passou a ser evacuado enquanto os voos previstos para pousar passaram a ter seus destinos redefinidos. As autoridades estabeleceram o nível de alerta máximo para a cidade  segundo um comunicado oficial, ” particularmente para as estações de trens internacionais, metrô, aeroportos, instalações nucleares e para o porto de Anvers”.

O tradicionalíssimo tráfego ferroviário entre Paris-Bruxelas está suspenso segundo confirma a SNCF francesa, ainda que a estação parisiense de Gare de Nord esteja aberta com nível de segurança máximo. A fronteira entre a França e a Bélgica foi fechada no final da manhã por decisão do governo belga.

A companhia Eurostar que administra o tráfego ferroviário entre Londres, Paris  Bruxelas e Amsterdam suspendeu todas os serviços que partam ou cheguem a Bruxelas.

O Conselho de Segurança Nacional Belga foi imediatamente convocado. Medidas de segurança estão sendo adotadas por aeroportos localizados noutras cidades europeias.

Segundo o canal de TV belga BFM o serviço de inteligência belga teria informado as autoridades de segurança da cidade a possibilidade de um atentado terrorista iminente na cidade.

O amistoso entre Bélgica e Portugal, previsto para a próxima terça-feira, dia 29 de março, em preparativos para a Euro 2016, que será disputado na França entre 10 de junho e 10 de julho, foi cancelado. A Federação Belga se manifestou através de um tweet oficial: “estamos todos unidos e com o pensamento voltado para as vítimas. Hoje o futebol é irrelevante. Não haverá treinamento da seleção”. A Seleção da Bélgica ocupa, neste momento, a primeira colocação no ranking da FIFA, seguida da Argentina, Espanha, Alemanha, Chile e Brasil.

O atacante do Villareal, Cédric Bakambu, se encontra no aeroporto Zaventem em trânsito para a República Democrática do Congo onde atuará pela seleção nacional. O clube espanhol esclarece que ele está seguro e tentando encontrar uma solução para seguir viagem.

Thibault Courtois joga no Chelsea (foto - twitter pessoal)

Thibaut Courtois joga no Chelsea (foto – twitter pessoal)

Os jogadores da seleção belga também se valem das mídias sociais para lamentar os acontecimentos desta manhã e para se solidarizar com as vítimas. O goleiro Thibaut Courtois escreveu que ” meus pensamentos estão com as vítimas e seus familiares”. O meio atacante Adnan Januzaj comenta que é “horrível o que está acontecendo na Bélgica”. O zagueiro Jam Vertongen declara que “não posso acreditar que estou lendo estas coisas de novo…”.

A prova ciclista Dwars Door Vlaanderen (Através dos Flanders), que abre a temporada das grandes provas da modalidade programada, para amanhã, foi cancelada.

O governo belga decretou 3 dias de luto nacional de luto nacional, segundo o ministro do interior Jan Jambon.



MaisRecentes

Jornais esportivos espanhóis de luto pelos atentados terroristas na Catalunha



Continue Lendo

Barcelona se revolta com matéria que vincula contratação de Paulinho aos interesses da empresa do presidente Bartomeu.



Continue Lendo

Campeonato Italiano com 20 clubes tem sido previsível e elitista ao longo da história



Continue Lendo