Até a mídia de Madri se rendeu a Lionel Messi



Lionel Messi é o personagem desta segunda-feira em toda a mídia esportiva mundial. Seus dois gols decisivos na vitória do El Clásico deste domingo estão sendo reverenciados como nunca.

Mas o mais impressionante é o tratamento que a mídia da própria capital espanhola, normalmente tão ligada ao Real Madrid, vem dedicando ao craque argentino.

O site do diário Marca destaca que “Messi incendeia o Bernabéu”! Além disto exibe o vídeo “Assim se comemorou em todo o planeta futebol o gol de Messi”, com 1 minuto e 23 segundos de duração recheado de manchetes mundo afora reverenciando o camisa 10 do Barcelona e apresentando seu segundo e decisivo tento narrado por locutores do mundo inteiro. Num trecho do vídeo Thierry Henry responde com 2 palavras a questão do apresentador sobre como ele explicava a virada do clube catalão em pleno Santiago Bernabéu: “Lionel Messi”.

O site do também madrilenho e caracteristicamente circunspecto El País os colunistas elevam Messi às nuvens:

Ramon Besa escreve no título de sua crônica “Nota dez para um dez“.

Manoel Jaboiz inventa o “Air Messi”, comparando-o, claro, ao maior craque da história do basquete Michael Jordan.

“Messi faz uma diferença bestial” segundo Juan I. Irigoyen.

O colunistas dos diários esportivos da cidade de Barcelona são naturalmente ainda mais apologéticos:

No jornal Sport, que inclusive mostra o gol decisivo do argentino numa imagem de 360º:

Para Ernesto Folch “O futebol é propriedade de Messi”

No Mundo Deportivo, o ex-capitão do Barcelona Carles Puyol apela: “Leo, não se aposente jamais!”:

Santi Nola provoca: “Quem é o número um?”

Joseph M. Artells redige “Leo, legenda em Madri”.

Francesc Aguillar é ainda mais retórico: “Messi, sangue azul e grená nas veias”

A vitória, além de extraordinária por si mesma, reacende a luta pela La Liga colocando Barcelona e Real Madrid (um jogo a menos) com os mesmos 75 pontos a cinco partidas do fim. E serve também para dignificar os últimos dias de trabalho do técnico Luís Enrique.

A monotonia de uma mais temporada restringindo apenas aos 2 gigantes como candidatos matemáticos ao título foi quebrada de vez pela virada de ontem no Bernabéu. Mais uma obra de arte assinada por Lionel Messi.

 

 



MaisRecentes

FIFA ameaça a Espanha de exclusão da Copa do Mundo da Rússia em 2018



Continue Lendo

Há 70 anos o Real Madrid inaugurava o estádio Santiago Bernabéu



Continue Lendo

Quais foram os 11 melhores jogadores das 5 principais ligas europeias no último semestre?



Continue Lendo