Arsenal renova contrato com a Emirates e bate recorde na Premier League



O Arsenal FC anunciou, nesta segunda-feira, a renovação do contrato de patrocinador master com a empresa aérea Emirates por mais cinco anos. A companhia de aviação árabe tem contrato com o clube londrino desde 2004 e se transformou no patrocinador principal em 2006.

Trata-se do mais longo contrato de patrocínio da história da Premier League, sendo ampliado até o fim da temporada de 2023/24, o que somará 18 anos de duração.

O valor estimado do negócio é de € 226 milhões. Como parte do novo acordo, a delegação do clube voará nos aviões da Emirates nos compromissos das pré-temporadas. A Emirates terá direito de explorar as propriedades de marketing do clube em campanhas e promoções por todos os continentes. A empresa árabe segue detentora do naming rights do estádio localizado no norte de Londres. Ele continuará sendo conhecido como Emirates Stadium até 2028, tem capacidade para 60 mil torcedores e cobra o ingresso médio mais caro de toda a Premier League.

Como novidade, a partir de agora, o clube passa a ter o direito de comercializar as mangas da camisa de jogo para um outro patrocinador com o qual pretende arrecadar algo em torno de € 8 milhões. Este é o valor obtido pelo Chelsea pelo patrocínio de suas mangas.

O Arsenal se prepara agora para negociar um novo contrato de fornecedor oficial do material esportivo tendo como referência os € 68 milhões que o Chelsea recebe da Nike e os € 85 milhões do Manchester United, pagos pela Adidas. Seu fornecedor atual é a Puma pelo qual fatura € 34 milhões.

Wenger no Emirates Stadium (arsenal.com)

A extensão do contratado com seu patrocinador master é fundamental para o Arsenal manter competitividade no confronto com os demais grandes clubes europeus do ponto de vista financeiro. Segundo o relatório Football Money League 2018, produzido pela empresa de consultoria inglesa Deloitte, o Arsenal é o sétimo clube europeu e o terceiro clube inglês em faturamento, com a receita de € 487 milhões em 2017.

O CEO do Arsenal, Ivan Gazidis, comentou através do site oficial do clube que “nossa parceria com o patrocínio principal nas camisas é a mais longa da Premier League e uma das mais longas no esporte mundial. Esse compromisso mútuo é a prova da força e da profundidade de nosso relacionamento exclusivo. A Emirates está novamente demonstrando sua confiança em nosso relacionamento e em nossa ambição. A ampliação significativa deste investimento nos ajudará a competir por títulos e a trazer mais sucesso para o clube e para nossos torcedores em todo o mundo”.

Para o presidente da Emirates, Sir Tim Clark, “o forte apelo e a influência ao redor do globo, combinado com suas ambições como clube, tornam o Arsenal FC o parceiro ideal para a Emirates. Como apoiadores de longa data do futebol, somos apaixonados por este esporte e somos um parceiro orgulhoso do clube”.

Sir Clark acrescenta que “como um negócio, estamos extremamente empenhados em apoiar os esportes em todo o mundo e nosso relacionamento com o Arsenal FC não é diferente. Nossa parceria é uma ótima combinação de duas marcas verdadeiramente globais. Estamos muito satisfeitos em estender nosso relacionamento por mais cinco anos, ajudando a reunir torcedores de todo o mundo em torno de um dos maiores clubes do mundo “.

O Arsenal tem 132 anos. Ele foi fundado em 1886 e já conquistou 13 vezes o campeonato inglês e 13 vezes a FA Cup. Desde que a Premier League foi instituída na temporada 1992/93 o clube a conquistou 3 vezes, sendo que, em 2003/04, de forma invicta com 26 vitórias e 12 empates. O elenco já tinha como técnico Arsène Wenger e ficou conhecido como os The Invincibles (Os Invencíveis). Ele reunia craques como Jens Lehman, Sol Campbell, Kolo Touré, Ashley Cole, Patrick Vieira, Robert Pirès, Dennis Berkgamp, Thierry Henry, Fredrick Ljungberg, José Antonio Reys e os brasileiros Gilberto Silva e Edu Gaspar.

Neste momento na tabela de classificação da Premier League 2017/18 o Arsenal se encontra numa desconfortável e incomum 6ª colocação com 45 pontos, fora da zona de classificação para a Premier League da próxima temporada.

Na Europa League o clube venceu o sueco Östersund por 3 a 0 na partida de ida da primeira fase de 32 clubes dos playoffs da competição. A partida de volta será na próxima quinta-feira no Emirates Stadium.

No próximo domingo o Arsenal jogará contra o Manchester City a final da Carabao Cup (Copa da Liga Inglesa de Futebol) no estádio de Wembley em Londres.



MaisRecentes

CR7 é caro, mas também uma máquina de gerar gols, audiência e dinheiro



Continue Lendo

Paul Scholes: Pep Guardiola inspira a Inglaterra de Southgate



Continue Lendo

A Copa do Qatar começa hoje para o Brasil. Não devemos nem perder tempo, nem perder Tite.



Continue Lendo