Ibra lidera PSG na vitória sobre o Chelsea.



O PSG foi categórico na noite desta quarta-feira em Stamford Bridge na vitória por 2 a 1 sobre o Chelsea. É a afirmação européia paulatina do clube francês com a chegada às quartas de final da Champions League pela quarta temporada consecutiva. Foi igualmente uma jornada marcante de seu ídolo Zlatan Ibrahimovic – que já assinalou 31 gols em 34 partidas na temporada – motivo da principal chamada do site do diário francês L’Équipe: “A homenagem do PSG à Zlatan”. Por outro lado, a derrota antecipou o fim da temporada para o clube londrino, que deverá viver um processo de reconstrução radical a partir de agora.

A foto diz tudo (foto - psg.fr)

A foto diz tudo (foto – psg.fr)

Não foi apenas uma performance brilhante do atacante sueco – uma assistência e um gol -, mas uma jornada consistente e afirmativa de todo o time dirigido pelo técnico Laurent Blanc que vinculou os efeitos do desempenho de Ibrahimovic ao do restante da equipe: “foi uma atuação do nível das que ele tem realizado ao longo de toda a temporada. Foi uma resposta àqueles que pensam que ele só faz o que faz na Ligue 1. Ele é um atacante que exige a atenção dos 2 zagueiros adversários, que lê o jogo muito rapidamente. Esta atuação vai elevar sua auto-confiança e todos vamos nos aproveitar disto”.

No entanto, todos os jogadores do PSG fizeram questão de vincular o significado da vitória ao reconhecimento do que Ibrahimovic é capaz de produzir para seu clube. O volante Rabiot, autor do primeiro gol, lembrou que “diziam que ele raramente é decisivo nos grandes jogos. Ele provou que é o contrário, que é um jogador de peso para nosso time”. Seus companheiros brasileiros não pouparam palavras para reverenciá-lo. Segundo o lateral Maxwell, um de seus melhores amigos, “ele mostrou que é muito forte”. O zagueiro Thiago Silva destacou que “ele tem toda a equipe ao lado dele. Espero que ele continue assim até o final. Ele merece e daremos sempre tudo em campo”. O atacante Lucas Moura, que também viveu uma noite inspirada, decretou que “Ibra é sempre decisivo, sempre importante. Ele é indispensável”.

Celebração de uma grande vitória (psg.fr)

Celebração de uma grande vitória (psg.fr)

Dos 4 clubes já classificados para a próxima etapa da Champions League 2015/16 – Real Madrid, Wolfsburg, PSG e Benfica – , sem dúvida, o PSG é aquele que vem realizando a campanha mais sólida. Terá chegada a hora do título europeu mais importante para o jovem clube francês (fundado em 1970)? Quem tem um tridente como Lucas-Ibra-Di Maria pode e deve sonhar grande.

 

Benfica se impõe na Rússia

O clube português se superou na vitória de virada, por 2 a 1, sobre o Zenit na gelada São Petesburgo. Desfalcado de seu arqueiro titular, Julio Cesar, teve em Ederson, um goleiro incrivelmente tranquilo diante das circunstâncias.

Segundo o técnico Rui Vitória declarou ao diário A Bola, “Ederson é um belíssimo guarda-redes, como os outros que temos a trabalhar connosco, mas todos os jogadores demonstraram uma personalidade que tem de ser destacada, os jogadores jovens jogaram os oitavos de final da Liga dos Campeões com um nível elevado e com um sentido coletivo que deixa qualquer treinador muito orgulhoso”.

Ederson tem 1,87m e nasceu em Osasco. (foto: slbenfica.pt)

Ederson tem 1,87m e nasceu em Osasco. (foto: slbenfica.pt)

O goleiro brasileiro tem 22 anos e começou nas divisões de base do São Paulo. Ele chegou ao Benfica em 2009 e, desde então, já foi emprestado ao Ribeirão e ao Rio Ave, mas já está no elenco principal benfiquista há duas temporadas. Ederson integrou a seleção brasileira no Torneio de Toulon em 2014.

A classificação às quartas de final  rendeu mais € 7,5 milhões aos cofres do Benfica, totalizando € 32,5 milhões na Champions League 2015/16. “Até aqui”, é o que deve estar sonhando o presidente Luís Felipe Vieira.

 



MaisRecentes

Há 50 anos, o “Bola de Ouro” húngaro Albert vestia a camisa 9 do Flamengo



Continue Lendo

FIFA revoltada com ausência de Messi na festa do “The Best”



Continue Lendo

Última chamada na Champions League: 7 clubes disputam 4 vagas.



Continue Lendo