O adeus do baixinho para a seleção brasileira



Foto: Divulgação

Foi em 27 de Abril de 2005, que o baixinho Romário deu adeus de forma oficial da Seleção Brasileira. Foi o fim de um casamento quase perfeito.

A despedida foi no jogo contra a Guatemala no estádio do Pacaembu, que completa hoje 80 anos desde a sua inauguração.

Foto: Divulgação

O Brasil venceu a partida por 3 a 0, com gols de: Anderson 4, Romário 16 e Grafite 64. Com uma renda de: R$ 357.897,00, para um público de 36.235 pagantes. O árbitro da partida foi: Martin Vasques.

Romário deixou o campo aos 38 minutos de jogo.

Escalações:

Brasil

Marcos (Rogério Ceni); Cicinho (Gabriel), Ânderson, Fabiano Eller (Gláuber) e Léo; Mineiro, Magrão (Marcinho), Ricardinho e Carlos Alberto; Romário (Grafite) e Robinho (Fred).

Técnico: Carlos Alberto Parreira

Leiam também:

BMG lança vídeo com ídolos de Corinthians, Galo e Vasco contra o coronavírus

Guatemala

Miguel Klée; Nestor Martinez, Pablo Melgar, Gustavo Cabrera e Denis Chen (Gomes); Julio Girón (Morales), Fredy Thompson, Angel Sanabria (Dávila)e Carlos Castillo; Gonzalo Romero e Hernán Sandoval.

Técnico: Ramón Maradiaga.



MaisRecentes

Laterais brasileiros brilham e despontam como destaques do Campeonato Croata



Continue Lendo