Itapirense se destaca na Copinha e atletas despertam atenção no mercado



Crédito da imagem: Divulgação/Itapirense

Diretor elogia a campanha da equipe na principal competição de base do país e projeta “sete ou oito” atletas em times grandes do Brasil

Uma das cidades-sede da Copa São Paulo de Futebol Junior deste ano, a cidade de Itapira foi representada pelo clube local, a Esportiva Itapirense, que foi eliminada pelo Vasco na terceira fase da competição. Elogiada pela organização e estrutura, a Itapirense deixou a competição com a sensação de dever cumprido segundo seu diretor executivo, Júlio Neris.

Crédito da imagem: Divulgação/Itapirense

– Nosso sentimento é de dever cumprido. Fizemos o nosso máximo, o nosso melhor. Sabíamos que teríamos totais condições de chegar ainda mais longe na competição, mas sabíamos também ao mesmo tempo das dificuldades que teríamos pela frente. O Vasco tem hoje uma das melhores bases do país e era um dos candidatos ao título. Saímos de cabeça erguida – comentou o profissional.

Responsável pela formação do elenco que fez bonito na Copinha, Júlyio Néris afirma que em breve alguns dos destaques de sua equipe devem ser anunciados como reforços de importantes clubes brasileiros. O dirigente ainda enalteceu o apoio de seu torcedor ao longo de todos os jogos disputados na cidade de Itapium.

Leiam também:

Felipe Nunes fala do início no Campeonato Paranaense contra os times grandes e projeta classificação para a próxima fase

– Realizamos um bom trabalho, concluímos o nosso planejamento com excelência. Nosso torcedor compareceu, foi nosso 12º jogador e fizeram a diferença nos jogos. É algo que ficará marcado na memória de todos. Fizemos bons jogos, os atletas conseguiram despertar a atenção de clubes importantes, foi uma vitrine gigantesca para eles. Acredito que entre sete ou oito atletas do atual elenco serão negociados com equipes de alto nível – completou.



MaisRecentes

Brasileiros participam de campanha em clube português e reforçam o recado: “Eu fico em casa”



Continue Lendo

Primeiro negro na seleção da Rússia, Ari elege maior decepção com racismo em entrevista a Raiam Santos



Continue Lendo