Há três meses em Dubai, meia brasileiro avalia período no Emirados Árabes Unidos



Foto: Divulgação

Tido como uma das principais promessas das categorias de base do Juventude, o meia Gabriel Valentini, de apenas 18 anos, foi vendido ao Al Nasr-EAU em março deste ano.

Com nove jogos pelo time profissional de Caxias em 2019, o jovem atleta não pode atuar por sua nova equipe na última temporada emiradense.

Foto: Divulgação

– Foram três meses muito bons, de muito aprendizado. É uma cultura totalmente diferente da nossa, eu também não sabia muito de inglês, então apesar de não poder jogar, aprendi muito nesse período, creio que vai fazer a diferença quando a próxima temporada começar. – disse o jovem atleta.

Além de Valentini, o clube do Emirados Árabes também conta com outro brasileiro em seu elenco, o atacante Júnior Dutra, ex-Corinthians e, um mês após a chegada do meia, o técnico brasileiro Caio Zanardi foi contratado.

– O Júnior me ajudou demais, não só ele, mas o preparador físico e o de goleiros também são brasileiros e me ajudaram muito aqui no começo, claro que tenho uma relação maior com eles, mas já me dou bem com todos aqui. A chegada do Caio também foi muito boa, além de ser um ótimo técnico, também ajuda na comunicação. – concluiu.

Na última temporada, o Al Nasr terminou em oitavo na Liga Nacional, dez pontos atrás do terceiro colocado, último classificado para a Liga dos Campeões Asiática.



MaisRecentes

Revelado pelo XV de Piracicaba, volante João Pedro assina primeiro contrato como profissional



Continue Lendo