FutRetrô – Um Choque-Rei histórico em 1985! Palmeiras e São Paulo se enfrentaram pelo Brasileiro de 85 no Pacaembu



Há exatos 33 anos, São Paulo e Palmeiras faziam um Choque-Rei que entraria para a história desse clássico. Dia 16 de março de 1985, no estádio do Pacaembu, pelo Brasileirão de 1985, são-paulinos e palmeirenses fizeram um grande jogo que teve pênaltis perdidos, emoção até o último minuto e um gol antológico. São Paulo e Palmeiras empataram pelo placar de 4 a 4, valendo pelo segundo turno do Brasileirão de 1985. Fizeram os gols da partida Müller, Oscar, Pita e Careca, pelo São Paulo, e Mendonça (2), Ditinho e Jorginho Putinatti, pelo Palmeiras.

Confira os gols da partida:

 

Com um público de apenas 22.103 pagantes, quem não foi ao estádio perdeu um jogo que ganhou ares históricos logo aos 11 minutos, quando Pita conduziu a bola até a intermediária, passou por quatro jogadores do Palmeiras e deixou o goleiro Leão deitado no chão quando rolou para o gol. Com direito a aplausos dos torcedores do Palmeiras.

 

Mais dois gols saíram ainda no primeiro tempo, um para cada lado, e um pênalti perdido pelo palmeirense Reinaldo. Nada mau, mas ainda pouco perto do que viria na segunda etapa. Careca marcou para o São Paulo – 3 a 1 -, com mais dois gols de Mendonça levaram o clássico ao empate.

 

Aí o zagueiro Oscar fez o quarto do São Paulo e Careca, aos 42 minutos, teve um pênalti para marcar o quinto e decidir o jogo. A torcida do Palmeiras já começava a sair do estádio quando o atacante mandou a bola na trave. E o castigo chegou aos 45 na forma de um gol do lateral Ditinho, um herói improvável.

Leiam também:

Gol de Canela FC

Crônicas do Morumbi

Apesar de ter deixado para a história uma obra-prima, Pita saiu de campo aborrecido com o empate.

Até este confronto entre as duas equipes, o histórico de jogos no Brasileirão era de 17 jogos.

Escalação de São Paulo x Palmeiras

São Paulo:

Goleiro – Barbiroto;

Zagueiros – Oscar, Fonseca;

Laterais – Nelsinho, Éder Taino;

Meias – Pita, Márcio Araújo, Silas;

Atacantes – Careca, Sidney, Muller;

Técnico – Cilinho

Palmeiras:

Goleiro – Emerson Leão;

Zagueiros – Vagner Bacharel, Maxwell;

Laterais – Paulo Roberto Prestes, Ditinho;

Meias – Rocha, Jorginho Putinatti, Mendonça, Barbosa, Paulinho;

Atacante – Hélio;

Técnico – Mário Travaglini



MaisRecentes

O volante costuma ser acusado de falta de talento e criatividade. Mas será verdade?



Continue Lendo

Os dois melhores laterais esquerdos do mundo



Continue Lendo

Os laterais direitos eram considerados os jogadores com menos habilidade em campo



Continue Lendo