Exclusivo: Batemos um papo com Gladestony, meia do Pro Vercelli da Itália



Hoje na Itália, meia brasileiro fala sobre experiência no Brasil e no futebol europeu

O meia Gladestony Estevão Paulino da Silva tem apenas 25 anos e já acumula muita experiência dentro do futebol. Atualmente o jogador atua no Pro Vercelli, time que disputa a terceira divisão do campeonato italiano. O jogador falou sobre a vivência dele nesse clube e suas expectativas.

“A adaptação nunca é fácil, mas a vontade de realizar meu sonho sempre foi maior, então isso nunca foi um problema para mim. No Pro Vercelli me encontro muito bem, estou muito feliz aqui. Primeiramente, quero ajudar o time a subir de divisão, e sem duvidas mostrar que tenho qualidade. Aqui é um lugar muito bacana pela forma com que o clube lida com os jogadores, com muita clareza, cuidado e respeito”, revelou.

Foto: Divulgação do Pro Vercelli

Nesta temporada, o Pro Vercelli venceu as duas partidas que disputou no campeonato italiano até aqui. O meia Gladestony foi revelado pela equipe do Desportivo Brasil, do interior do estado de São Paulo. Na base ele ainda passou por projetos envolvendo grandes clubes como o Manchester United.

“Tive uma ótima experiência no Desportivo Brasil. Desenvolvi diversas características e trabalhei com ótimos profissionais que hoje se encontram em grandes clubes tanto no Brasil quanto na Europa. Em relação ao Manchester a experiência que tive foi inesquecível. Pude treinar com jogadores que só conhecia pela televisão como o Cristiano Ronaldo, Rooney, Ryan Giggs e Paul Pogba. Naquele período vivenciei o sonho de estar em um grande clube”, contou.

Foto: Divulgação do Pro Vercelli

Já no profissional, o meia atuou pela equipe do Internacional, na temporada de 2014. Gladestony participou do elenco campeão do Campeonato Gaúcho do mesmo ano. O atleta também comentou sobre essa experiência em um time grande do Brasil.

“Foi mais uma grande experiência que adquiri na minha carreira, que me ajudou muito tanto no meu crescimento pessoal quanto profissional. A época que estive lá foi quando consegui meu primeiro título profissional, o gauchão, onde ajudei o time fazendo bons jogos”, disse o atleta.

No futebol italiano, antes de jogar no Vercelli, o atleta também passou pela equipe do Catania e do Messina. Antes dessas experiências o jogador também atuou no Estoril, de Portugal, que disputava a Liga NOS e a Liga Europa na época. Gladestony também teve uma passagem rápida pelo Cartagena, da Espanha. O meia também falou sobre as principais diferenças entre o estilo de jogo desses países.

“Eu penso que o futebol português é mais cadenciado, o espanhol tem uma qualidade técnica mais alta, e o italiano possui um ritmo mais elevado, com uma grande disciplina tática da parte dos jogadores”, revelou.

Gladestony volta a entrar em campo nesse domingo (14), quando o Pro Vercelli enfrenta o Pro Patria pelo campeonato italiano, às 11h30 (Horário de Brasília), no estádio Carlo Speroni.

Acompanhem os nossos parceiros


MaisRecentes

Técnico Lucas Moura destaca campanha vitoriosa da DS Sports na Copa São Paulo Sub-17



Continue Lendo

Batemos um papo com Igor, lateral-esquerdo do Avaí



Continue Lendo

Zagueiro do Atlético projeta fase final da Cruzeiro International Cup



Continue Lendo