Batemos um papo com Paulo Ricardo, zagueiro do Fluminense: “Estou na expectativa de estrear com a camisa do Fluzão”



Paulo Ricardo enfatiza aprendizado no primeiro mês de Fluminense e vive expectativa de estreia pelo tricolor

O zagueiro Paulo Ricardo completou recentemente o seu primeiro mês como atleta do Fluminense. Ele chegou ao clube após atuar por dois anos pelo Sion, da Suíça. Antes, o defensor defendeu a camisa do Santos, clube no qual se profissionalizou.

Fotos: Lucas Merçon/Fluminense

Nos seus primeiros 30 dias no clube carioca, Paulo Ricardo, que tem 24 anos, utilizou uma palavra para resumir o seu início no Flu.

“Aprendizado. Resumiria assim o meu começo no clube. Consegui aprender nesse período o que é o Fluminense. Além disso, me chamou atenção o elenco mesclado que temos com jogadores experientes e jovens talentos, principalmente no setor ofensivo. Estou tendo a oportunidade de diariamente treinar com jogadores de características diferentes de jogo. A comissão técnica também vem sendo fundamental nesse meu processo de evolução física e técnica”, explicou o camisa 32.

Paulo Ricardo já foi relacionado para seis partidas do Fluminense, mas ainda não estreou.

Fotos: Lucas Merçon/Fluminense

“No dia seguinte que cheguei ao clube já queria estar jogando, então, lógico, que existe sim uma expectativa de estreia. Mas, também tenho a consciência que a cada dia trabalhado vai me ajudar a preparar melhor para quando tiver uma oportunidade demonstrar o meu melhor futebol”, explicou o zagueiro, que também pode atuar como volante.

Tendo a velocidade e o bom passe como suas principais características, Paulo Ricardo enaltece que não terá problemas de readaptação.

“Fiquei apenas dois anos na Europa. O futebol brasileiro não mudou muito. A maior adaptação creio que era no novo clube e por todos me receberem bom foi tudo muito fácil. Estou totalmente integrado e esperando minha chance”, concluiu.

Acompanhem os nossos parceiros

Gol de Canela FC

Crônicas do Morumbi



MaisRecentes

Batemos um papo com o técnico Gilmar Tadeu: Há nove anos na Ucrânia, analisou o Shakhtar para disputa da Liga dos Campões



Continue Lendo

Batemos um papo com Chico, zagueiro do Antalyaspor da Turquia: “Robinho é um grande jogador”



Continue Lendo

Batemos um papo com Bruno Brigido, goleiro do Feirense de Portugal: “É sempre bom estrear com o pé direito”



Continue Lendo