Atacante do Maringá, Welton comenta desempenho da equipe na temporada



Foto: Divulgação

O atleta de 21 anos, Welton Felipe disputou 17 partidas no ano, na série D do campeonato brasileiro e no campeonato paranaense.

A equipe chegou a fazer uma boa campanha no primeiro turno do estadual, no qual terminou em terceiro, com mesmo número de pontos do Operário, que se classificou em segundo. Já no campeonato brasileiro, o tricolor não se classificou por apenas um ponto, ficando em terceiro do grupo A17.

O jovem atacante iniciou sua carreira no próprio time paranaense e em 2018 foi emprestado ao XV de Piracicaba, no qual disputou a Copa Paulista. Em 2019 voltou ao Maringá para auxiliar a equipe na temporada. Para ele, apesar dos resultados, é muito importante que os atletas não percam o foco para seguir ajudando o time.

Foto: Divulgação

– Nosso time é de muita qualidade, não estamos conseguindo os melhores resultados, mas não perdemos o foco para ajudar cada vez mais o Maringá. Tanto no paranaense, quanto no brasileiro o time fez partidas muito boas, mas infelizmente não saiu classificado – afirmou Welton.

Muito elogiado por seus treinadores, o jogador se destaca pela velocidade nos lados do campo, sempre muito ativo e participativo durante as partidas. O atacante diz que, apesar de atuar como ponta, está sempre à disposição para fazer funções diferentes.

– Sou um atacante que joga pelas pontas, tenho muito velocidade, tanto para chegar à linha de fundo, quanto para armar jogadas. Também jogo dentro da área, sempre atendendo o que o treinador pede, me dedico muito nos treinamentos para estar preparado durante as partidas – finalizou o atleta.



MaisRecentes

Conheça Rodrigo Iglesias, auxiliar técnico do vitorioso time feminino do Corinthians



Continue Lendo