Chuva volta a castigar o gramado do estádio



Gramado do Portal da Amazônia tem poças por causa da chuva (Foto: Fellipe Lucena)

Gramado do Portal da Amazônia tem poças por causa da chuva (Foto: Fellipe Lucena)

O que a diretoria do Vilhena mais temia aconteceu. Pouco mais de duas horas antes do início do jogo contra o Palmeiras, pela primeira fase da Copa do Brasil, voltou a chover forte em Rondônia.

O gramado do Portal da Amazônia, que vem sendo castigado pela água nos últimos dias, ficou em estado crítico na manhã desta quarta-feira, quando um temporal caiu sobre Vilhena. A diretoria do clube chegou a levar um caminhão para escoar a água, mas voltou a chover e é possível perceber várias poças.

Por si só, o corte do gramado já levaria dificuldades ao Palmeiras, acostumado com o tapete do Pacaembu. Grossa e alta, a grama vai impedir que a bola role com facilidade. O duelo começa às 19h30 (de Brasília), e o estádio já está recebendo bom público.

A delegação do Palmeiras ainda não deixou o hotel, que fica no centro da cidade e a cerca de cinco minutos do estádio. Lá, torcedores fazem vigília desde cedo esperando por fotos e autógrafos dos ídolos.

Chuva voltou a atingir Vilhena nesta tarde (Foto: Fellipe Lucena)

Chuva voltou a atingir Vilhena nesta tarde (Foto: Fellipe Lucena)



MaisRecentes

Palmeiras ‘blinda’ o vestiário após incômodo



Continue Lendo

Leandro Almeida, Nathan e uma mudança de rumo



Continue Lendo

Lesões no Palmeiras: ‘Muito difícil que seja erro de preparação’



Continue Lendo