Com Daniel Carvalho, sem criatividade alguma



Celso Roth e Felipão tinham muitos desfalques para armar Cruzeiro e Palmeiras, neste domingo, no Independência. O comandante da Raposa conseguiu escalar um meio de campo mais consistente e, em noite inspirada de Montillo e Tinga, os mineiros venceram os alviverdes por 2 a 1.

A equipe do capitão Fábio ultrapassou o Botafogo e Internacional e ocupa a sexta colocação, com 23 pontos, apenas um a menos do que o Grêmio, o primeiro no G4. Já o Verdão perdeu pela segunda vez seguida, voltou para a zona de rebaixamento e ocupa a 18 posição, com dez pontos após 13 rodadas.

Enquanto Daniel Carvalho, que substituiu Valdivia, não conseguiu fazer a bola chegar com qualidade em Barcos, que deixou Obina no banco de reservas, Tinga teve muita liberdade para criar do outro lado.

Centralizado, ele viu Montillo disparar pela esquerda e sofrer falta fora da área. O árbitro Fabricio Neves Correa (ES) errou, marcou pênalti e Borges converteu: 1 a 0.

Felipão bufou na área técnica e viu o Palmeiras criar muito pouco para reverter a desvantagem.

E o técnico reclamou de novo da arbitragem no segundo gol cruzeirense. Tinga (de novo!) teve enorme liberdade dentro da área, girou e Wallyson recebeu em posição duvidosa para passar a Borges: 2 a 0.

Felipão já havia acionado Obina na volta do intervalo, mas a dupla com Barcos pouco funcionou nos 32 minutos de “existência”. Na derrota para o Bahia o treinador só os deixou juntos por oito minutos…

Para tentar o empate, Maikon Leite entrou e logo no seu primeiro lance sofreu pênalti de Victorino. Barcos converteu e chegou ao seu primeiro gol após cirurgia no apêndice.

A vantagem da Raposa ainda só não foi maior, porque Bruno fez ótima defesa em arremate de Tinga, que aproveitou cratera na defesa.

Roth organiza o Cruzeiro. Campeão, Felipão terá trabalho.



MaisRecentes

Palmeiras ‘blinda’ o vestiário após incômodo



Continue Lendo

Leandro Almeida, Nathan e uma mudança de rumo



Continue Lendo

Lesões no Palmeiras: ‘Muito difícil que seja erro de preparação’



Continue Lendo