Visão do Verdão: Luan deixa o pop de lado em Uberaba



Antes de a bola rolar na noite desta quarta-feira contra o Uberaba-MG, o começo de qualquer texto seria: “A chuva atrapalhou os planos de Felipão no Uberabão”. Será mesmo? Com gramado molhado e com muitas poças d’água, o treinador palmeirense mudou a escalação. No fim, tudo deu certo para o Palmeiras na segunda rodada da Copa do Brasil.

Luan comemora um de seus gols na goleada por 4 a 0 diante do Uberaba (Foto: Ari Ferreira)

Jogadores mais leves como Cicinho, Gabriel Silva e Adriano Michael Jackson foram para o banco. Em seus lugares, Márcio Araújo e Rivaldo foram improvisados nas laterais, Chico ganhou uma vaga aberta no meio e Luan entrou no ataque. E com a boa atuação do camisa 21, o Verdão criou a vitória por 4 a 0 contra o Uberaba.

Desajeitado, mais adepto da raça do que da técnica, Luan aproveitou sua chance e o gramado castigado. Quase todas as chances da equipe saíram de seus pés na primeira etapa: chute de longe, tabelas, cruzamentos…

Com tantas tentativas, o atacante teve sua recompensa. Uma vez de cabeça e outra após tabela com Kleber, ele fez dois gols. Depois, o Gladiador ampliou.

Bem melhor tecnicamente, apesar do campo ruim, o Verdão cumpriu seu papel e eliminou o jogo de volta. Se o pop de Michael Jackson ficou fora, não faltou o gingado do brigador Luan.



  • Jefferson

    O cara jogou muito, temos que reconhecer e elogiar quando isso acontece, do mesmo jeito que criticamos quando está ruim.

MaisRecentes

Palmeiras ‘blinda’ o vestiário após incômodo



Continue Lendo

Leandro Almeida, Nathan e uma mudança de rumo



Continue Lendo

Lesões no Palmeiras: ‘Muito difícil que seja erro de preparação’



Continue Lendo