Todos os vencedores da Chuteira de Ouro



Cristiano Ronaldo é o maior vencedor do prêmio (Foto: AFP)

Cristiano Ronaldo é o maior vencedor do prêmio (Foto: AFP)

No mesmo dia em que Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar fizeram a final da Bola de Ouro, um líder improvável surgiu em outra premiação. O atacante Jonas, do Benfica, marcou um hat-trick no Campeonato Português e assumiu a ponta da Chuteira de Ouro.

Apenas dois brasileiros já receberam o prêmio: Ronaldo, na temporada 96/97, e Jardel, duas vezes, em 98/99 e 2000/2001. A quarta conquista verde e amarela encerraria a longa sequência de triunfos da dupla formada pelos craques de Real Madrid e Barcelona. Caso o centroavante se mantenha no topo, será também a primeira vitória de um jogador do Benfica desde os tempos de Eusébio, ídolo português.

A premiação foi criada na década de 60 com o intuito de coroar o maior artilheiro das ligas da Europa. Para definir o vencedor, é aplicada uma pontuação para cada gol marcado. Nos oito principais campeonatos nacionais, cada tento anotado tem peso dois. Entre os ranqueados da 9ª a 20ª posição, vale 1,5. Nas demais, cada rede estufada conta um ponto.

Jonas atualmente lidera com 18 gols e 36 pontos, mesmo rendimento de Aubameyang, do Borussia Dortmund, e de Higuaín, do Napoli. O também brasileiro Alex Teixeira, do Shakhtar Donetsk, vem logo em seguida, com 22 gols, mas apenas 33 pontos – o Campeonato Ucraniano tem peso 1,5.

TODOS OS VENCEDORES DA CHUTEIRA DE OURO

1967/68 – Eusébio – Benfica
1968/69 – Petar Jekov – CSKA Sófia
1969/70 – Gerd Müller – Bayern de Munique
1970/71 – Josip Skoblar – Olympique de Marseille
1971/72 – Gerd Müller – Bayern de Munique
1972/73 – Eusébio – Benfica
1973/74 – Hector Yazalde – Sporting
1974/75 – Dudu Georgescu – Dínamo Bucareste
1975/76 – Sotiris Kaiafas – Omonia Nicósia
1976/77 – Dudu Georgescu – Dínamo Bucareste
1977/78 – Hans Krankl – Rapid Viena
1978/79 – Kees Kist – AZ Alkmaar
1979/80 – Erwin Vandenbergh – Lierse
1980/81 – Georgi Slavkov – Botev Plovdiv
1981/82 – Wim Kieft -Ajax
1982/83 – Fernando Gomes – Porto
1983/84 – Ian Rush – Liverpool
1984/85 – Fernando Gomes – Porto
1985/86 – Marco van Basten – Ajax
1986/87 – Rodion Camataru – Dínamo Bucareste e Anton Polster – Áustria Viena
1987/88 – Tanju Colak – Galatasaray
1988/89 – Dorin Mateut – Dínamo Bucareste
1989/90 – Hugo Sanchez – Real Madrid e Hristo Stoichkov – CSKA Sófia
1990/91 – Darko Pancev – Estrela Vermelha
1991/92 – Ally McCoist – Glasgow Rangers
1992/93 – Ally McCoist – Glasgow Rangers
1993/94 – David Taylor – Porthmadog
1994/95 – Arsen Avetisyan – Homenetmen
1995/96 – Zviad Endeladze – Margveti
1996/97 – Ronaldo – Barcelona
1997/98 – Nikos Machlas – Vitesse
1998/99 – Jardel – Porto
1999/00 – Kevin Phillips – Sunderland
2000/01 – Henrik Larsson – Celtic
2001/02 – Jardel – Sporting
2002/03 – Roy Makaay – La Coruña
2003/04 – Thierry Henry – Arsenal
2004/05 – Diego Forlan – Villarreal e Thierry Henry – Arsenal
2005/06 – Luca Toni – Fiorentina
2006/07 – Totti – Roma
2007/08 – Cristiano Ronaldo – Manchester United
2008/09 – Diego Forlan – Atlético Madrid
2009/10 – Messi – Barcelona
2010/11 – Cristiano Ronaldo – Real Madrid
2011/12 – Messi – Barcelona
2012/13 – Messi – Barcelona
2013/14 – Cristiano Ronaldo – Real Madrid e Luis Suárez – Liverpool
2014/15 – Cristiano Ronaldo – Real Madrid



MaisRecentes

Wellington Silva entra na Seleção das Estatísticas do Carioca



Continue Lendo

Estatísticas de Botafogo 2×3 Fluminense



Continue Lendo

Seleção das Estatísticas das Eliminatórias tem três alterações



Continue Lendo