Todos os vencedores da Chuteira de Ouro



Cristiano Ronaldo é o maior vencedor do prêmio (Foto: AFP)

Cristiano Ronaldo é o maior vencedor do prêmio (Foto: AFP)

No mesmo dia em que Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar fizeram a final da Bola de Ouro, um líder improvável surgiu em outra premiação. O atacante Jonas, do Benfica, marcou um hat-trick no Campeonato Português e assumiu a ponta da Chuteira de Ouro.

Apenas dois brasileiros já receberam o prêmio: Ronaldo, na temporada 96/97, e Jardel, duas vezes, em 98/99 e 2000/2001. A quarta conquista verde e amarela encerraria a longa sequência de triunfos da dupla formada pelos craques de Real Madrid e Barcelona. Caso o centroavante se mantenha no topo, será também a primeira vitória de um jogador do Benfica desde os tempos de Eusébio, ídolo português.

A premiação foi criada na década de 60 com o intuito de coroar o maior artilheiro das ligas da Europa. Para definir o vencedor, é aplicada uma pontuação para cada gol marcado. Nos oito principais campeonatos nacionais, cada tento anotado tem peso dois. Entre os ranqueados da 9ª a 20ª posição, vale 1,5. Nas demais, cada rede estufada conta um ponto.

Jonas atualmente lidera com 18 gols e 36 pontos, mesmo rendimento de Aubameyang, do Borussia Dortmund, e de Higuaín, do Napoli. O também brasileiro Alex Teixeira, do Shakhtar Donetsk, vem logo em seguida, com 22 gols, mas apenas 33 pontos – o Campeonato Ucraniano tem peso 1,5.

TODOS OS VENCEDORES DA CHUTEIRA DE OURO

1967/68 – Eusébio – Benfica
1968/69 – Petar Jekov – CSKA Sófia
1969/70 – Gerd Müller – Bayern de Munique
1970/71 – Josip Skoblar – Olympique de Marseille
1971/72 – Gerd Müller – Bayern de Munique
1972/73 – Eusébio – Benfica
1973/74 – Hector Yazalde – Sporting
1974/75 – Dudu Georgescu – Dínamo Bucareste
1975/76 – Sotiris Kaiafas – Omonia Nicósia
1976/77 – Dudu Georgescu – Dínamo Bucareste
1977/78 – Hans Krankl – Rapid Viena
1978/79 – Kees Kist – AZ Alkmaar
1979/80 – Erwin Vandenbergh – Lierse
1980/81 – Georgi Slavkov – Botev Plovdiv
1981/82 – Wim Kieft -Ajax
1982/83 – Fernando Gomes – Porto
1983/84 – Ian Rush – Liverpool
1984/85 – Fernando Gomes – Porto
1985/86 – Marco van Basten – Ajax
1986/87 – Rodion Camataru – Dínamo Bucareste e Anton Polster – Áustria Viena
1987/88 – Tanju Colak – Galatasaray
1988/89 – Dorin Mateut – Dínamo Bucareste
1989/90 – Hugo Sanchez – Real Madrid e Hristo Stoichkov – CSKA Sófia
1990/91 – Darko Pancev – Estrela Vermelha
1991/92 – Ally McCoist – Glasgow Rangers
1992/93 – Ally McCoist – Glasgow Rangers
1993/94 – David Taylor – Porthmadog
1994/95 – Arsen Avetisyan – Homenetmen
1995/96 – Zviad Endeladze – Margveti
1996/97 – Ronaldo – Barcelona
1997/98 – Nikos Machlas – Vitesse
1998/99 – Jardel – Porto
1999/00 – Kevin Phillips – Sunderland
2000/01 – Henrik Larsson – Celtic
2001/02 – Jardel – Sporting
2002/03 – Roy Makaay – La Coruña
2003/04 – Thierry Henry – Arsenal
2004/05 – Diego Forlan – Villarreal e Thierry Henry – Arsenal
2005/06 – Luca Toni – Fiorentina
2006/07 – Totti – Roma
2007/08 – Cristiano Ronaldo – Manchester United
2008/09 – Diego Forlan – Atlético Madrid
2009/10 – Messi – Barcelona
2010/11 – Cristiano Ronaldo – Real Madrid
2011/12 – Messi – Barcelona
2012/13 – Messi – Barcelona
2013/14 – Cristiano Ronaldo – Real Madrid e Luis Suárez – Liverpool
2014/15 – Cristiano Ronaldo – Real Madrid



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo