Seleção Brasileira tenta encerrar jejum em La Paz



Brasil não vence em La Paz desde o título da Copa América de 97 (Foto: CBF)

Brasil não vence em La Paz desde o título da Copa América de 97 (Foto: CBF)

Quem tem mais de 30 anos e acompanha a Seleção Brasileira certamente se recorda do nome de ‘El Diablo’ Etcheverry. O atacante boliviano foi o autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 de sua seleção contra o Brasil, em 93, em partida disputada em La Paz – Peña fez o segundo.

Foi a primeira derrota brasileira na história das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Desde então, enfrentar a Bolívia na altitude do Estádio Hernando Siles – 3,6 mil metros acima do nível do mar – se tornou sinônimo de dificuldade. Em quatro partidas, a Seleção venceu apenas uma – 3 a 1, em 97, com gols de Edmundo, Ronaldo e Zé Roberto, na final da Copa América -, perdeu duas e empatou outra.

Um aproveitamento bem inferior ao de mandante, onde ganhou oito dos dez jogos que realizou e não foi derrotado nenhuma vez.

Já são três partidas seguidas sem vitórias em La Paz: duas derrotas e um empate. No último encontro, em 2010, triunfo dos donos da casa por 2 a 1. Nilmar marcou para o Brasil. Dos convocados de Tite para o duelo desta quinta-feira, apenas Daniel Alves, Miranda e Diego Tardelli estiveram em campo.

O retrospecto recente ruim na altitude, porém, não tira o favoritismo brasileiro. Segundo o site OddsShark.com/br, a vitória da Seleção é o resultado predileto dos apostadores nas casas esportivas, pagando R$ 1,85 para cada R$ 1,00 investido pelo acertador, caso ocorra.

Por outro lado, um êxito boliviano, tido como zebra, quadruplicará o dinheiro apostado, dando um lucro de 300%.

Confira todas as cotações das Eliminatórias em OddsShark.com/br.



MaisRecentes

Veja como ficou a Seleção das Estatísticas do Brasileirão 2017 após os jogos desta quarta-feira



Continue Lendo

Estatísticas de Avaí 1×1 Botafogo



Continue Lendo

Estatísticas de Corinthians 0x0 Grêmio



Continue Lendo